2021: Aberje chega à marca de 700 associados e define “A Comunicação e o Capital Ético” como tema do próximo ano
22 de dezembro de 2020
  • English

Graças à rápida adaptação para atender aos associados, Aberje chega à marca histórica de 700 organizações filiadas; agenda ESG e pesquisa inédita da Comunicação no setor financeiro, em parceria com a ANBIMA, nortearão ações para o próximo ano

A Aberje dedicou o ano de 2020 à Comunicação Não-Violenta, abordagem que pretende melhorar a forma com que as pessoas se relacionam, promovendo o diálogo efetivo. Empenhar-se na CNV no ano da pandemia foi uma coincidência, mas que evidenciou, no âmbito da Comunicação Corporativa, a urgência de se olhar com atenção os sentimentos e necessidades dos públicos.

Não é uma moda passageira, há uma mudança profunda na sociedade e nos mercados para uma atuação responsável das empresas. Por isso, em 2021, a Aberje irá concentrar seus esforços em promover o novo Tema do Ano: A Comunicação e o Capital Ético. 

A escolha do tema foi baseada na pauta ESG – Environmental, Social and Governance (ASG – Ambientais, Sociais e de Governança), diretrizes que vêm ganhando força nos mercados financeiros em todo o globo e que, cada vez mais, pautarão as ações das empresas. 

O diretor-presidente da Aberje e professor titular da ECA-USP, Paulo Nassar, comenta que até pouco tempo essa agenda era vista como externa aos interesses de acionistas e que cada vez mais vem guiando o engajamento dos grandes investidores institucionais. “A promessa de novas fontes de financiamento para a economia brasileira, canalizada pela pauta ESG – agenda que em diversos pontos é convergente com os ideais defendidos pela Aberje – abre a perspectiva de uma nova base para a multiplicação de narrativas empresariais e organizacionais. 

Uma outra novidade, já bastante aguardada, para o próximo ano é a parceria feita entre a Aberje e a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA). Juntas, as entidades irão viabilizar uma pesquisa inédita sobre Comunicação Corporativa no setor financeiro e de capitais no Brasil.

Com o tema “A comunicação dos mercados financeiro e de capitais no Brasil”, a pesquisa vai ao encontro do tema do ano da Aberje em 2021. O objetivo principal é apresentar um panorama da estrutura de comunicação do setor quanto a composição, modelos e processos de atuação, formas para atingir e dialogar com públicos estratégicos, tendências e principais desafios e necessidades de desenvolvimento profissional, entre outros fatores.

Adaptação e apoio resultam em recorde de associados

No difícil ano de 2020, todo planejamento previsto teve que ser revisado. No caso da Aberje, não foi diferente. Sabendo que a comunicação deveria liderar as corporações no diálogo com a sociedade, a instituição acelerou o seu processo de digitalização.

A marca histórica de 700 organizações públicas e privadas como associadas reflete o fortalecimento, em períodos de crise, de um princípio fundamental da Aberje, que é o associativismo, a união de esforços em prol de uma ideia comum. Ao mesmo tempo, o crescimento é resultado de uma série de ações que foram estabelecidas para que a Aberje estivesse ainda mais próxima aos seus associados, prestando um apoio focado, com o propósito de fortalecer o papel da comunicação durante a crise. 

“Dobramos os esforços, aceleramos a digitalização, produzimos pesquisas, promovemos benchmarks e reforçamos nossa rede nacional e internacional. Focamos em capacitação em temas como Comunicação Não-Violenta, Diversidade e Inclusão, e Sustentabilidade – conhecimentos que serão fundamentais para os desafios futuros”, ressalta o diretor-geral da entidade, Hamilton dos Santos.

Entre diversas ações, foi lançado o Aberje Digital, selo que marca as atividades digitais da associação, eventos, cursos, ebooks, comitês etc., além da nova versão do Portal Aberje que, com uma interface moderna, facilitou o acesso aos conteúdos produzidos diariamente. A entidade seguiu na organização dos Labs de Comunicação, encontros que promovem debates sobre Mobilidade, Diversidade e Agronegócio, com a participação de especialistas e acadêmicos de cada setor. Dezenas de eventos foram realizados de forma online. Já o tradicional seminário sobre tendências na comunicação, o Aberje Trends, inicialmente marcado para abril, foi adiado para 2021.

Para promover ainda mais conteúdos para sua audiência, a entidade estreou o seu próprio podcast, o FalAção, e intensificou a produção de vídeos para o seu canal no Youtube, ambos disseminando conteúdos semanalmente. Ainda em conteúdos, a Aberje Editorial publicou quatro títulos: “Comunicação Eficiente: Como escrever mensagens com clareza, concisão e funcionalidade“, de Vivian Rio Stella; “Lobby Digital: como o cidadão conectado influencia as decisões de governos e empresas“, de Renard Aron; “Lobby e Comunicação: A integração da narrativa como via de transformação“, de Paulo Nassar e Carlos Parente; além do livro “Reconhecimento que gera valor: Prêmio Aberje 2019”, oitavo pocket book da coleção que traz os vencedores do Prêmio Aberje.

Foram promovidos encontros de benchmarking, os Aberje Connects, a fim de compartilhar as melhores práticas entre os associados, e as reuniões frequentes do grupo LiderCom, para a troca de experiências globais e locais no âmbito da liderança. “Era necessário que as lideranças tivessem um espaço aberto e seguro para a troca de experiências e práticas durante a pandemia, que os ajudassem na tomada de decisões nas suas organizações”, explica Santos. Outro ambiente rico para trocas entre os associados são os 14 grupos oficiais da Aberje no WhatsApp, que promoveram circulação de informações e experiências, não somente ligadas à pandemia.

Na área de produção de pesquisas, a Aberje desenvolveu estudos a partir de temas atuais: “Desafios da Covid-19 para a Comunicação Organizacional”, “O que esperar da Comunicação Organizacional no Brasil em 2020”; “A Comunicação Pública na Covid-19” (em parceria com Abracom); “A História e a Memória Empresarial nas Organizações no Brasil” (maior pesquisa sobre o tema, realizada em parceria com Memória da Eletricidade). Além de uma pesquisa que envolveu o tema do ano da associação intitulada “Comunicação Não-Violenta nas Organizações”, esta última lançada em um caderno especial que será entregue aos associados. 

Além das pesquisas próprias, a Aberje faz a curadoria e distribui aos associados semanalmente conteúdos relevantes do mercado, entre relatórios de pesquisa, artigos, e-books, infográficos e estudos variados, por meio do disparo do Aberje Thinks, já em seu terceiro ano de funcionamento.

Também foi possível organizar mais uma edição do tradicional Prêmio Aberje, desta vez 100% digital, para que os projetos mais relevantes de comunicação de todo o país fossem reconhecidos. Assim como também foram desafiadas as próximas gerações de profissionais no Prêmio Universitário Aberje e no Escalando o Futuro, também realizados completamente no formato online com a participação de diversos comunicadores e especialistas em várias áreas da comunicação.

Além disso, a parceria de 13 anos com o Valor Econômico resultou na edição lançada em dezembro da revista especial Valor Setorial Comunicação Corporativa, que abordou o pacto social das empresas. Tal parceria também possibilitou a realização do Fórum de Comunicação Corporativa, uma série de encontros digitais que objetivaram discutir o papel da comunicação e as novas estratégias de negócios em um mundo transformado pela pandemia. “A organização do Fórum evidenciou a parceria de 13 anos da Aberje e do Valor, que produz um acervo memorável das melhores práticas e do pensamento de vanguarda da Comunicação Corporativa brasileira”, conclui o diretor-presidente da Aberje e professor titular da ECA/USP, Paulo Nassar.

Na área de formação e capacitação, a Escola Aberje de Comunicação promoveu diversos cursos livres, de pós-graduação, in-company e programas avançados de longa duração, todos realizados 100% online, o que possibilitou maior abrangência e participação de alunos de vários estados brasileiros. Este ano, foram realizadas as primeiras edições dos Programa Avançado em Comunicação para Sustentabilidade e em Diversidade nas Organizações – este com uma média de mais de 100 participantes, recorde da associação. Além deles, ocorreram também os Programas Avançados em Gestão da Comunicação Digital (5a edição), Comunicação Interna (5a edição), Relações Institucionais e Governamentais, e Comunicação Pública – este resultou na publicação do ebook Glossário de Comunicação Pública, com participação dos alunos do curso.

A Aberje também representou o setor no exterior, participando ativamente e integrando o board de instituições globais – como Fundacom, Arthur Page Society e Global Alliance for Public Relations and Communication Management. 

Leia mais:

Conferência Anual da Page Society aborda adaptação digital; confira insights

Brasil promove encontro sobre Relações Públicas do Conselho Regional para América Latina da Global Alliance

5 insights da relação Brasil x EUA pós-eleições americanas

CommTech: Confira os principais pontos de debate do 2020 Page Spring Seminar

Como gerir uma associação em tempos de crise

12 recomendações da Global Alliance para uma comunicação responsável durante a Covid-19

Global Alliance lança pesquisa sobre Comunicação

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *