Prêmio Aberje 2020 revela os melhores da comunicação brasileira em ano de pandemia
15 de dezembro de 2020
  • English

Foram 15 empresas vencedoras nacionais entre um total de mais de 300 projetos inscritos em todo o país; Klabin é eleita Empresa do Ano

Graça Cunha e Milton Jung apresentaram a cerimônia

A 46ª edição do Prêmio Aberje reconheceu na noite desta segunda (14), as principais organizações e profissionais por contribuírem com o fomento das boas práticas na comunicação empresarial do país neste difícil ano de 2020. Pela primeira vez em 46 edições, a cerimônia – bem como todas as etapas do Prêmio – foi realizada de forma virtual.

O destaque como Empresa do Ano foi para a Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil. Na ocasião, foram anunciadas as empresas que venceram a disputa nacional das categorias do Prêmio. Foram os cases que mais se destacaram entre os 69 projetos finalistas (vencedores regionais). Além da parte competitiva da premiação, foram homenageados Candido Bracher, CEO Itaú Unibanco, como CEO Comunicador do Ano; Suzel Figueiredo, presidente da Ideafix Pesquisas Corporativas, como Trajetória do Ano; e Pamela Seligmann, psicóloga e professora de cursos de Comunicação Não-Violenta com o Prêmio “James Heffernan” de Educadora do Ano.

Klabin eleita Empresa do Ano

Os troféus são distribuídos em 16 categorias que compõem o Prêmio Aberje, organizadas nos eixos: Foco no Tema, Foco em Públicos e Foco em Meios. Cada categoria contou com a avaliação de até seis jurados. São programas, projetos, campanhas e/ou ações de comunicação de empresas, assessorias, agências, profissionais autônomos e organizações de todo o país, associadas ou não à Aberje. 

O Prêmio, que tem por objetivo promover e divulgar os esforços e as iniciativas na área da comunicação empresarial, contempla cinco etapas: checagem, avaliação regional, premiações regionais, avaliação nacional e a grande cerimônia de encerramento, quando os vencedores nacionais são reconhecidos e premiados.

O que confere a credibilidade de mais de cinco décadas de premiação é a forte governança e transparência do Prêmio Aberje. Os cases vencedores passam por etapas rigorosas no processo de avaliação: desde a triagem dos projetos, auditoria independente, avaliação pelos jurados regionais e, finalmente, a defesa oral dos projetos à Comissão Julgadora no Painel de Cases. 

A etapa do Painel de Cases, feita de forma presencial em São Paulo até o ano passado, ficou ainda mais transparente por ter sido adaptada para o formato online em 2020. Pela primeira vez na história da premiação, os vencedores regionais fizeram a defesa oral de seus projetos à Comissão Julgadora de forma 100% virtual, durante a semana de Painel de Cases, transmitida no YouTube da Aberje, podendo ser acompanhados de qualquer parte do globo. As apresentações seguem disponíveis no canal.

Mídias do Ano de 2020

Em um ano em que nada foi convencional, a Rede Globo quebrou um de seus paradigmas com o quadro Solidariedade S/A do JN, em que destaca iniciativas empresariais no combate ao coronavírus, citando marcas e apresentando seus logotipos. Por transformar a comunicação em uma das principais armas para a disseminação de boas práticas, a Aberje concedeu ao Jornal Nacional o reconhecimento na categoria Televisão na premiação deste ano.

O jornal Valor Econômico foi outra mídia reconhecida nesta edição do prêmio na categoria Jornal, por duas décadas de jornalismo aprofundado, de qualidade e fundamentado, entregues de forma ágil, clara e precisa. Tanto no jornal impresso quanto no online, o Valor prova sua força, importância e protagonismo para o cenário econômico, político e empresarial do Brasil.

Outra mídia premiada pela Aberje foi o Projeto Comprova da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) na categoria Mídia Especializada, que provou sua importância para o bom jornalismo e para a sociedade. A iniciativa reúne jornalistas de 28 veículos de comunicação brasileiros que monitoram e checam conteúdos suspeitos relacionados a políticas públicas e a pandemia de covid-19.

A Aberje também premiou o resultado da parceria entre a 99 e a Folha de São Paulo, na categoria Conteúdo de Marca: o Manual de Jornalismo de Mobilidade Urbana, pela inovação no formato de colaboração, criação de conteúdo e atendimento às necessidades mais prementes da população das cidades na questão da mobilidade urbana. 

O programa Roda Viva da TV Cultura, também foi reconhecido pela Aberje por meio do Prêmio Especial Mídia do Ano na categoria Contribuição ao Debate Público, por enobrecer a arena do debate público, trazer à tona representantes das discussões prementes e pautar as conversas dos diversos círculos sociais semanalmente, garantindo a diversidade de pensamentos, opiniões e posicionamentos. 

Homenagens especiais

Durante a cerimônia, também foram anunciados os vencedores dos prêmios especiais – uma homenagem da Aberje a pessoas e organizações que, com seu trabalho, ajudam a demonstrar a importância do setor no Brasil. Todos os anos, o Prêmio Aberje, em paralelo ao seu módulo competitivo, elege os Comunicadores do Ano, uma homenagem concedida aos dez profissionais que mais se destacaram no exercício de suas funções dentro e fora das organizações a que pertencem. Como acontece tradicionalmente, os nomes foram abertos para votação popular e o escolhido pelo público como Comunicador do Ano de 2020 foi Juliana Lopes, diretora de Sustentabilidade, Comunicação e Compliance da Amaggi.

Juliana Lopes, diretora de Sustentabilidade, Comunicação e Compliance da Amaggi, foi a Comunicadora do Ano mais votada pela audiência

Os nomes dos dez profissionais são selecionados a partir dos resultados dos projetos vencedores do Prêmio Aberje. A lista é então analisada e sintetizada pela governança da Aberje, em sua Diretoria e Conselhos Deliberativo e Consultivo, que se baseia em um rigoroso levantamento de dados profissionais feito pelo seu Centro de Memória e Referência.

Como entidade associativa acadêmico-profissional que é desde sua origem, a Aberje concede todo ano o Prêmio “James Heffernan” de Educador do Ano, que foi para a professora Pamela Seligmann, em reconhecimento a sua contribuição como psicóloga, pedagoga e responsável por treinamentos da Escola Aberje de Comunicação, nos âmbitos da Comunicação Não-Violenta.

Além disso, em reconhecimento aos esforços, competência e sua carreira profissional, que se tornam referencial a todos os profissionais da nossa indústria, a Aberje homenageia Suzel Figueiredo com o troféu Trajetória do Ano.

Ao reconhecer a extraordinária liderança de Candido Bracher à frente da comunicação do Itaú Unibanco, seja em relação às iniciativas específicas de combate à pandemia, seja no posicionamento da instituição em relação às pautas sociais e ambientais, a Aberje lhe concede o primeiro Prêmio CEO Comunicador do Ano do Prêmio Aberje 2020.    

Edição histórica e recorde

O tom de celebração também veio acompanhado de um sentimento de luto e pesar por todos os que se foram ao longo do ano. Na ocasião, Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje, pediu um minuto de silêncio em homenagem às famílias dos mais de 180 mil mortos pela covid-19. Ao mesmo tempo, o gesto também veio acompanhado de uma mensagem de esperança e luta, com as mais recentes notícias positivas em relação à vacinação e aos esforços conjuntos que a sociedade vem empenhando no combate à pandemia.

Hamilton dos Santos, diretor-geral da Aberje, pediu um minuto de silêncio em homenagem às famílias dos mais de 180 mil mortos pela covid-19.

Nesta edição, em um ano em que foi preciso se reinventar, a maior festa da comunicação empresarial brasileira também se adaptou. Todas as etapas do Prêmio Aberje foram rapidamente adaptadas para o formato online – desde o envio do projeto, a defesa pública do representante, a avaliação dos jurados, até, na noite de ontem (14), a cerimônia de premiação.

A aposta se mostrou acertada e a edição bateu recorde de participação: foram ao todo 306 projetos inscritos, de 279 organizações, nas cinco regiões que compõem o Prêmio, que foram avaliados por mais de 250 jurados ao longo de todas as etapas. No Painel de Cases, todos os 69 projetos vencedores regionais, que fizeram suas defesas para concorrer ao prêmio nacional, estão disponíveis para consulta no canal do YouTube da Aberje. É um dos maiores acervos de melhores práticas do ano da comunicação brasileira.

Tema do ano 2021

Durante a cerimônia de premiação, a Aberje divulgou o tema a ser trabalhado durante todo o ano de 2021: Comunicação e o Capital Ético

A escolha do tema foi baseada na pauta ESG – Environmental, Social and Governance (que poderia ser traduzida em português por ASG, referente a fatores Ambientais, Sociais e de Governança), diretrizes que vêm ganhando força nos mercados financeiros em todo o globo. O diretor-presidente da Aberje e professor titular da ECA/USP, Paulo Nassar, comenta que até pouco tempo essas pautas eram vistas como externas aos interesses de acionistas, mas que cada vez mais vêm guiando o engajamento dos grandes investidores institucionais.

Paulo Nassar, diretor-presidente da Aberje

“A promessa de novas fontes de financiamento para a economia brasileira, canalizada pela pauta ESG, agenda que em diversos pontos é convergente com os ideais defendidos pela Aberje, abre a perspectiva de uma nova base para a multiplicação de narrativas empresariais e organizacionais. Essas narrativas já estão na agenda dos comunicadores, que serão cada vez mais desafiados a gerir o esforço de suas organizações na prestação de contas sistemática e diuturna para a sociedade”, avalia Nassar.

Conheça os vencedores da 46ª edição do Prêmio Aberje

Categorias do Prêmio Aberje

Diversidade e Inclusão
HBO Latin America Production Services
Pepsico

Ética, Integridade e Compliance
Klabin

Gestão de Crises
Marista Centro-Norte

Marca
Unimed – Rio

Memória Organizacional
Natura Cosméticos

Sustentabilidade Organizacional
Gerdau

Consumidor/Cliente
Avon Cosméticos

Imprensa e/ou Influenciadores
Pfizer

Multi Públicos
Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte

Público Interno
Novartis Biociências

Sociedade
Instituto Avon

Evento
FCA – Fiat Chrysler Automóveis Brasil

Mídia Audiovisual
Gerdau

Mídia Digital
Unimed Belo Horizonte

Mídia Impressa
Klabin

Publicação Especial
Suzano

Empresa do Ano

Klabin

Mídias do Ano

Televisão
Rede Globo – Jornal Nacional / Quadro Solidariedade S.A.

Jornal Impresso
Valor Econômico – 20 anos

Mídia Especializada
Projeto Comprova – Abraji

Conteúdo de Marca
99 e Folha de S. Paulo – Manual de Jornalismo de Mobilidade Urbana

Prêmio Especial – Contribuição ao Debate Público
TV Cultura – Programa Roda Viva

Comunicadores do Ano 

Carime Kanbour (Klabin)

Cristiane Santos (Pfizer)

Daniel Ramos (CMPC)

Fernão Silveira (FCA)

Gustavo Ramos (iFood)

Juliana Lopes (Amaggi) – vencedora do voto pela audiência

Juliane Calsa (BRK Ambiental)

Michel Blanco (Natura)

Pedro Torres (Gerdau)

Rafael Oliveira (Unimed-Rio)

Prêmio CEO Comunicados do Ano – Candido Bracher

Prêmio “James Heffernan” de Educadora do Ano – Pamela Seligmann

Prêmio Trajetória do Ano – Suzel Figueiredo

O Prêmio

Desde que foi criado, em 1967, o Prêmio Aberje acompanha as mudanças do setor e hoje, por meio da apresentação de cases inspiradores e do compartilhamento de experiências, ajuda a promover melhores práticas da comunicação de empresas e instituições de todo o Brasil.

Ao longo de mais de quatro décadas, foram premiados mais de 2.600 projetos e 900 diferentes empresas. As iniciativas vencedoras de edições anteriores podem ser consultadas no Centro de Memória e Referência da Aberje, assim como nos livros publicados pela Aberje Editorial com os resumos dos cases premiados, tanto regionais, quanto nacionais.

Assista à cerimônia na íntegra:

 

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *