Shell assina contrato de partilha para o campo de Atapu
29 de abril de 2022
  • English

Com o contrato assinado, a Shell passará a receber sua parcela de óleo da produção

André Araújo, presidente da Shell Brasil

00Shell Brasil Petróleo Ltda. (Shell), subsidiária da Shell plc, assinou hoje em Brasília o contrato referente à aquisição de 25% do contrato de partilha de produção do campo de Atapu, na Bacia de Santos. A Shell pagou R$ 5,26 bilhões (aprox. US$ 1,1 bilhão) à Petrobras pela participação adicional no campo.  Com o contrato assinado, a Shell passará a receber sua parcela de óleo da produção.

“Essa é mais uma prova do nosso compromisso com o fortalecimento da nossa sólida presença em Águas profundas no Brasil”, disse Zoe Yujnovich, diretora global de Upstream da Shell. “Com um portfólio de liderança neste segmento, nossa participação em Atapu apoia a estratégia da Shell de impulsionar o progresso – entregando os recursos energéticos que o mundo precisa, enquanto investimos na energia do futuro”.

A estratégia da Shell, intitulada “Impulsionando o Progresso”, inclui o aumento progressivo de investimentos em soluções energéticas de baixo carbono ao mesmo tempo em que a companhia segue buscando retornos competitivos e resilientes em Upstream; sustentando o fluxo financeiro necessário para o pagamento de dividendos e os investimentos na transição energética.  Nosso negócio de Águas Profundas tem posição relevante dentro da linha global de Upstream, incluindo nossos ativos em produção nos Estados Unidos e Brasil, além de blocos em exploração no México, Suriname, Argentina e África.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.