Presidente da Empresa Mineira de Comunicação (EMC) morre vítima de febre amarela
18 de janeiro de 2018
  • English

O presidente da Empresa Mineira de Comunicação (EMC), Flávio Henrique Alves de Oliveira, de 49 anos, morreu hoje (18) às 7h30 em Belo Horizonte. Músico, produtor e compositor, ele estava internado desde o dia 11, diagnosticado com febre amarela. O falecimento foi confirmado pelo Hospital Mater Dei e a Secretaria de Estado de Cultura. Ele deixa a mulher e uma filha.

Flávio Henrique era presidente da Empresa Mineira de Comunicação (EMC), órgão do governo criado em 2016 para administrar a Rádio Inconfidência e a Rede Minas. Fundada por Tancredo Neves, a Rede Minas é uma emissora pública que distribui conteúdo a 765 municípios mineiros, por meio de estações retransmissoras, de prefeituras e de 50 TVs educativas afiliadas. Leia as notas de falecimento da Rede Minas e da Rádio Inconfidência.

Também músico e produtor, Flávio integrava o Quarteto Cobra Coral, tinha mais de 180 músicas gravadas e fez parcerias ao longo de sua carreira com nomes como Paulo César Pinheiro, Chico Amaral, Milton Nascimento e Toninho Horta.

“Flávio foi um grande amigo da Aberje, preocupado com a questão da Comunicação Pública voltada à transparência, à educação e à formação cultural. Enfim, numa perspectiva de transformá-la em uma comunicação mais republicana. Lamentamos muito este dia”, afirmou Paulo Nassar, diretor-presidente da Aberje e professor titular da USP.

O velório está marcado a partir de 16h desta quinta-feira (18), no hall da Sala Minas Gerais (Rua Tenente Brito de Melo, 1.090, Barro Preto). Será aberto ao público a partir das 17h30. A previsão do enterro é para as 9h de sexta-feira, no Cemitério Parque da Colina, no Bairro Nova Cintra, Região Oeste de Belo Horizonte.

Retrato de Flávio Henrique Alves, de camisa estampada e braços cruzados, olhando para a câmera.
Flávio Henrique Alves de Oliveira (Foto: Frank Bitencourt/Divulgação)
 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.