GWA Comunicação Integrada filia-se à Aberje publicado em: 01/07/2020

A GWA foi fundada em 1994, com o claro propósito de oferecer serviços de alta qualidade e construir relacionamentos de qualidade e duradouros com todos os seus públicos de interesse. Nasceu das necessidades identificadas por um executivo, que tornou-se empresário para, justamente, oferecer essas soluções. E acaba de tornar-se associada da Aberje.

Com a missão de conhecer em detalhes as atividades das empresas assistidas, a GWA é deliberadamente “pequena” e mantém um limite máximo de clientes, o que lhe permite criar ações customizadas e gerar relações que garantem resultados positivos e consistentes. Este é um dos motivos que explicam clientes com mais de 10 anos de relacionamento contínuo.  Muito além da assessoria de imprensa, a proposta é oferecer expertise em prevenção e gerenciamento de crises e atuação nas áreas de relações públicas, mídias sociais e desenvolvimento de conteúdos on e off-line. “A GWA tem o tamanho certo para justificar nossa missão: ser o fornecedor que mais que mais conhece os seus clientes”, diz Waldomiro Carvas Júnior, fundador e presidente da agência. “Nosso objetivo não é ter muitos clientes; mas ficar com os mesmos clientes por muitos anos”, explica. “A boa comunicação é parte estratégica de qualquer negócio, e acontece todos os dias, numa construção que vai além do emissor, da mensagem e do meio, mas vale-se de confiança, da disponibilidade e da transparência”, finaliza.

A GWA conta com uma equipe de profissionais qualificados que inclui jornalistas, relações públicas, publicitários, economistas e designers. A agência também faz parte da COMbyCOM, a maior de rede de agências independentes de comunicação que operam em países que falam português e espanhol, com parceiros na Espanha, em Portugal, no Uruguai, na Argentina, no Peru, na Colômbia e no México.

HISTÓRIA – A GWA fez o lançamento do modem ultra rápido com velocidade 3.2 da Motorola nos tempos da internet discada e promoveu a discussão sobre qual tecnologia de celular deveria ser adotada no Brasil. No final da década de 1990, para a apresentação do projeto Great Adventure a investidores e fornecedores, foi responsável pelo primeiro link ao vivo em eventos no País. As imagens transmitidas mostraram a facilidade de acesso e o terreno que viria a ser o parque temático Hopi Hari, em Vinhedo/SP. Além disso, atuou em relevantes operações financeiras, dentre as quais a compra da Schincariol pelo grupo japonês Kirin, a criação da AB Concessões (associação entre os italianos da Atlantia e a família Bertin), o split de ações da GOL e os IPO da JSL e da Movida. Também desenhou e aplicou planos de prevenção e gestão de crises para clientes dos mais diversos segmentos. Criou e executou integralmente o projeto da revista institucional Partiu, também da Movida. E, mais recentemente, cuidou da retomada da presença da Pernambucanas na imprensa.

Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *