BTP atesta 100% de uso de energia limpa em seu terminal
09 de julho de 2021
  • English

De forma pioneira no Porto de Santos, a BTP adquire o certificado I-REC e garante a utilização de energia renovável em 100% das suas operações

 

A Brasil Terminal Portuário (BTP) acaba de dar um importante passo em sua jornada de desenvolvimento sustentável no Porto de Santos. Neste mês de julho, o terminal adquiriu o Certificado Internacional de Energia Renovável (I-REC), um reconhecimento de nível global que garante a utilização de energia renovável pelas empresas. Isso significa que, a partir de agora, 100% da energia utilizada para o funcionamento da BTP é limpa, proveniente de fontes renováveis.

A novidade reafirma o compromisso da Empresa com a preservação do Meio Ambiente, que já vem marcado antes mesmo do início de sua trajetória no Porto de Santos. A BTP foi responsável pela remediação ambiental do antigo lixão da Alemoa, transformando o maior passivo ambiental em área portuária do País, no local em que, hoje, abriga e opera o maior terminal de contêineres da América do Sul. “A BTP pratica o respeito ao meio ambiente desde a sua concepção, e a sustentabilidade segue como fundamental valor corporativo. Investimentos em sustentabilidade são sempre considerados em nossos planos de curto, médio e longo prazos” conta Ricardo Arten, CEO da BTP.

Para Renato Ferreira, gerente de HSEQ (Meio Ambiente, Saúde, Segurança e Qualidade), o certificado I-REC simboliza a responsabilidade Ambiental da BTP, que busca constantemente alternativas mais sustentáveis para o negócio e para o Meio Ambiente. ”Assegurar que consumimos energia elétrica de fontes totalmente renováveis nos coloca em uma posição de destaque ainda maior, reafirmando nosso compromisso com a mitigação dos impactos ambientais das nossas operações, alinhada à política de gestão da BTP”, explica Renato Ferreira.

Já para Joel Contente, diretor de Assuntos Corporativos, a mudança é um grande marco pois reforça o posicionamento do país como um das matrizes energéticas mais limpas do mundo, além de ir ao encontro dos desafios globais para o desenvolvimento sustentável. “Energia acessível e limpa a todos faz parte de um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Estarmos alinhados a esses objetivos representa muito orgulho para nós e nos indica que estamos no caminho certo”, celebra.

Anualmente, a BTP passa por um rigoroso processo de apresentação de informações ambientais, sociais e de governança detalhadas do empreendimento e também por auditoria documental, buscando desenvolver seus fundamentos de ESG (Environmental, Social and Governance), alinhado com a visão de seus acionistas. ”Nossos acionistas estão comprometidos com esse tema, e planos sobre como tornar nossas operações mais sustentáveis – para um negócio cada vez mais responsável e viável no futuro – são pautas permanentes em nossas reuniões de Conselho”, acrescenta Arten.

A certificação I-REC, que possui validade internacional, é utilizada no Brasil desde 2017 e tornou-se um meio confiável de comprovar a origem da energia utilizada pelas Empresas. O processo de aquisição deste certificado, pela BTP, contou com o apoio de empresas parceiras como a 2W Energia e Engie Brasil.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.