×

Encontro Aberje Bahia debateu inovação e reputação na era da “supertransparência”

Redação Portal Aberje

Mais de 90 profissionais, representando 53 entidades, compareceram ao evento, realizado no dia 30 na sede da Odebrecht

Capítulos Aberje

3º Encontro Aberje Bahia, na sede da Odebrecht

Inovação e a trajetória de confiança que as marcas precisam estabelecer com a sociedade. Esses foram os principais temas debatidos durante a 3ª edição do Encontro Aberje Bahia, evento voltado a estimular discussões na área de comunicação de forma a agregar valor para profissionais e organizações.

O evento, que aconteceu na sede da Odebrecht, em Salvador, reuniu mais de 90 profissionais, representando 53 entidades, entre empresas, órgãos públicos e profissionais autônomos.

Promovido pela Aberje, o evento foi aberto pelo diretor do Capítulo Aberje Bahia, Marcelo Gentil. “Estarmos aqui é muito importante neste momento em que o país precisa se unir, olhando novamente para o futuro. E esse futuro depende da relação de confiança das instituições, incluindo mídia e empresas”, avalia.

"Estarmos aqui é muito importante neste momento em que o país precisa se unir, olhando novamente para o futuro. E esse futuro depende da relação de confiança das instituições, incluindo mídia e empresas"

Em seguida, a plateia conheceu mais sobre como a Petrobras vem reposicionando sua marca, com foco na inovação, que sempre marcou a história da companhia. O case da foi apresentado pelo coordenador de Atendimento e Integração Regional da Petrobras, Paulo Calegaro, que mergulhou na história da petrolífera, criada em 1953, para depois apresentar os atributos e a personalidade da marca da Petrobras.

“A inovação tecnológica e o desenvolvimento são os pilares de nossas atividades. Foi através do mergulho em nossa história que chegamos ao nosso propósito, que é ‘prover a energia que move a sociedade a realizar o seu potencial’”, disse Calegaro.

Mídia Programática

Na segunda parte do evento, o Papo Aberje reuniu cases de empresas locais, que estão usando a inovação como plataformas de posicionamento e geração de valor para suas marcas. Braskem, Correio e Zygon mostraram suas trajetórias de inovação e entrega de projetos inovadores e com relevância social. O Papo Aberje foi mediado pela coordenadora do curso de Jornalismo da FSBA, Bárbara Souza.

O caso da Braskem foi exposto pelo gerente de Marketing e Relações Institucionais, Milton Pradines, que demonstrou como a reputação de governos, mídia e empresas está em queda no mundo e, de forma ainda mais acentuada, no Brasil. “Marcas com causas sociais relevantes são cada vez mais valorizadas. Mais do que informar e provocar a reflexão, nosso conteúdo promove mudanças na vida das pessoas”, revelou Pradines.

Na sequência, Fábio Gois, gerente de Marketing e Mídias Sociais do Correio, expôs sua trajetória de reposicionamento, vivida a partir de 2008, quando um novo projeto editorial e gráfico foi apresentado aos seus leitores. De lá para cá, segundo Fábio, o veículo passou a ser reconhecido pelos mercados publicitário e leitor, ganhando uma série de premiações, inclusive internacionais. “Estamos na era do conteúdo. Nosso público é diariamente atingido por todos os tipos de informação, vindas de infinitas fontes. Manter ‘muros baixos’ nos permite seguir no rumo da inovação. Com coragem e liberdade para inovar seguiremos na ampliação de nossas plataformas”, afirmou Fábio.

Finalizando o painel sobre Posicionamento Criativo, Lucas Reis, sócio da Zygon, adtech referência em Data Driven Marketing, falou sobre o que há de novo no mundo em mídia programática e posicionamento de marcas.

“Existe um novo mundo trabalhando através da combinação de tecnologia, dados e performance. Basicamente, é preciso transformar tudo que parece ser bem complicado em algo muito simples, fácil e inteligente”, sentenciou Lucas, que está à frente de uma empresa com modelo de negócio escalável e de alto impacto no ecossistema empreendedor.