Sanofi doará filtros para comunidades da Amazônia
14 de junho de 2022
  • English

Utensílios serão entregues para comunidades de várzea em Santarém e para a TI Mundukuru, no Pará. Ação é realizada em parceria com a Agência Cause e com Proyecto Água Segura

A diarreia aguda é a 2ª maior causa de crianças meno de 5 anos mortalidade infantil no mundo, vitimando cerca de 525 mil crianças todos os anos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Uma das principais causas dessa doença é a ingestão de água contaminada, a falta de higiente e de de serviços adequados de saneamento básico1.

No Brasil, a ausência de acesso à água tratada atinge quase 35 milhões de pessoas e 100 milhões de brasileiros não têm acesso à coleta de esgoto, refletindo em centenas de pessoas hospitalizadas por doenças de veiculação hídrica2. A região Norte é a que mais sofre com essa questão, Hoje, a cobertura de água e esgoto são as mais baixas do Brasil. Apenas 57,1% de toda população local apresenta acesso à água, 10,5% tem coleta de esgoto e apenas 21,7% dos esgotos são tratados3.

Pelo segundo ano consecutivo, a área de Consumer Healthcare na Sanofi doará filtros para a população da região amazônica com parte da venda do probiótico Enterogermina Serão beneficiadas comunidades de várzea do município de Santarém e da Terra Indígena Mundukuru, ambas no estado do Pará. No ano passado, a campanha ajudou 4.911 pessoas, entre elas mais de 840 crianças até 5 anos e 872 famílias de 18 comunidades de São Gabriel da Cachoeira, região da amazônia que mais sofre com a mortalidade infantil por diarreia aguda e falta de acesso à água potável.

A ação é uma parceria com a agência CAUSE, consultoria especializada na gestão de causas via estratégias de comunicação, engajamento, advocacy e ESG, e o Proyecto Água Segura, empresa de triplo impacto cujo objetivo é garantir o acesso à água de forma sustentável para o desenvolvimento humano, econômico e ambiental.

“Vamos engajar mais uma vez nossos consumidores a uma causa tão importante que é o combate à mortalidade infantil, além de conscientizar que muitas famílias não possuem formas de saneamento básico, como a água potável. Retornamos devido ao sucesso e enorme impacto que Compra&Doa teve ano passado, colocando Enterogermina como o primeiro probiótico citado em reconhecimento de campanhas sociais”, afirma Marília Zanoli, Head de Growth Hub de Consumer Healthcare na Sanofi.

“As empresas possuem um papel chave na construção de um mundo mais sustentável. Elas podem contribuir utilizando o seu poder de inovação e mobilização para a resolução de problemas complexos de nossa sociedade. Isso é exatamente o que a Sanofi faz com essa iniciativa: engajar e articular consumidores com organizações da sociedade civil, como Água Segura, ISA, FOIRN e Saúde e Alegria para ampliar o acesso à água de qualidade e levar saúde aos povos indígenas da Amazônia”, avalia Bruno Barbosa, Diretor de Operações da CAUSE, consultoria que viabilizou a estratégia do projeto.

“No Proyecto Água Segura acreditamos que trabalhar em conjunto com o setor privado para agregar valor à sua estratégia de sustentabilidade é fundamental para gerar impacto na sociedade e nas comunidades mais vulneráveis. O acesso à água potável e a higiene são dois elementos fundamentais para erradicar a diarreia e outros tipos de doenças. Queremos agradecer à Sanofi, ao ISA (Instituto Social Ambiental) e à Cause pela confiança e comprometimento com a iniciativa. Estamos muito felizes por trabalharmos juntos novamente este ano”, complementa Manuel Saurí, CEO do Proyecto Água Segura.

Saiba mais acessando link.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.