Programa da Edenred voltado a colaboradoras gestantes oferece diferenciais como licença estendida e acompanhamentos psicológico e nutricional
07 de junho de 2022
  • English

Futura Mamãe inclui, ainda, auxílio-creche e um livro sobre o momento do nascimento, além de outros benefícios

Lívia Alves – Diretora de RH de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil

Conciliar carreira e maternidade é um grande desafio para a maioria das mulheres, que nem sempre encontram o apoio necessário no mercado de trabalho ou na empresa em que atuam. Por acreditar na importância da relação humanizada com os colaboradores e, principalmente, com as profissionais em período de gestação e o pós-parto, a Edenred, detentora das marcas Ticket, Ticket Log, Repom e Edenred Pay, criou o programa Futura Mamãe, que tem como objetivo acolher e apoiar as gestantes do Grupo, bem como esposas de colaboradores que estão grávidas e mães e pais que optaram pela adoção.

O programa garante uma série de benefícios para mães e pais, como a licença maternidade estendida para 180 dias e paternidade para 20 dias, acompanhamento psicológico, auxílio-creche e o livro Acontecia Enquanto Nascia, que conta fatos marcantes da época de nascimento do bebê.

Além do programa, o Grupo conta com as práticas de Flextime, que permite flexibilidade de horários, e Flexplace, que possibilita aos colaboradores trabalharem alguns dias de casa. “Investimos em políticas internas que ajudam nossos times a conciliar a rotina pessoal com a profissional. Para mães e pais, especificamente, elas são fundamentais para apoiar no retorno após o período de licença”, conta Lívia Alves, Diretora de Recursos Humanos de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil.

Contratação durante a gravidez

De acordo com as Estatísticas de Gênero do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgadas em 2021, o nível de ocupação das mulheres de 25 a 49 anos que vivem com crianças de até três anos era de 54,6%, contra 89,2% dos homens da mesma faixa etária e nas mesmas circunstâncias. Já segundo um estudo publicado em 2016 pela Fundação Getúlio Vargas, quase metade das mulheres que tiram licença-maternidade está fora do mercado de trabalho em até 24 meses após o nascimento da criança.

Na contramão do que apontam as pesquisas, a Edenred não apenas garante respaldo às colaboradoras durante a gestação com o Futura Mamãe, como também inclui gestantes no processo seletivo.

Um exemplo é o da Natália Arico, business partner de Recursos Humanos de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil, que foi contratada aos seis meses de gestação. Desde a primeira entrevista, ela revelou a situação e a notícia da gravidez foi recebida com muito respeito e apoio, tanto por parte de sua futura gestora, como dos demais executivos que participaram do processo. “Uma frase que me marcou muito durante o processo foi: ‘queremos construir algo com você a longo prazo’. Eu já fiquei apaixonada pela empresa antes mesmo de começar”, comenta.

“Na Edenred, temos práticas de diversidade e inclusão e promovemos a equidade e respeito em todas as relações com os nossos colaboradores, e isso inclui a não exclusão de grávidas dos processos de recrutamento. Além da Natáia, outra colaboradora de nosso time foi contratada ainda gestante e, agora, está em licença-maternidade. Ambas foram escolhidas por suas capacidades, potencialidades, experiências e pelo fit cultural, pensando muito mais no futuro; pois sabemos que, quando retornarem de licença, seguirão suas jornadas de contribuição conosco, que indicam serem jornadas de sucesso”, completa Livia.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.