Neoenergia expande modernização das redes de comunicação com tecnologia MPLS
02 de junho de 2022
  • English

Iniciativa tem o objetivo de garantir a confiabilidade e a segurança em um cenário de transmissão de dados cada vez maior, com a ampliação das smart grids

A Neoenergia iniciou a expansão de modernização da rede própria de comunicação para a Neoenergia Cosern, concessionária que atua no Rio Grande do Norte, e a Neoenergia Elektro, que atende municípios de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Com a expansão das redes elétricas inteligentes, dotadas de equipamentos digitalizados e automatizados, a companhia adotou a tecnologia MPLS (Multi-Protocol Label Switching), solução mais eficiente de encaminhamento de dados multisserviços. O projeto, iniciado em 2021 na Neoenergia Pernambuco, é pioneiro entre distribuidoras de energia no Brasil.

A expectativa da Neoenergia é de concluir o projeto de implantação da rede MPLS na Neoenergia Cosern ainda em 2022, atendendo à região metropolitana de Natal, capital do estado. Na primeira fase, serão contempladas seis estações, incluindo o edifício sede da distribuidora e cinco subestações. Na Neoenergia Elektro, a empresa concluiu o planejamento e a arquitetura da rede, e o início das instalações estão previstas para o início de 2023.

O MPLS é a tecnologia mais moderna em transporte de dados e, devido à alta velocidade proporcionada, beneficia especialmente a comunicação dos religadores automatizados. Com esses equipamentos, é possível reduzir o tempo de recomposição da rede elétrica em caso de falta de energia, reforçando a qualidade do fornecimento para os consumidores.

“O protocolo MPLS traz diversos benefícios, como o aumento da disponibilidade e da confiabilidade da rede, além da maior escalabilidade, permitindo agregar diversos serviços, incluindo automação, proteção, medição e segurança patrimonial, em uma única rede de telecomunicações. Essa modernização representa a nossa antecipação ao serviço de distribuição do futuro, que integrará a gestão de um sistema energético complexo, com geração distribuída e veículos elétricos, por exemplo”, afirma o superintendente de Smart Grids da Neoenergia, Ricardo Leite.

O MPLS realiza o roteamento por meio de rótulos, tornando o encaminhamento dos pacotes de dados mais eficiente. Na prática, a tecnologia direciona dados entre pontos da rede baseada em rótulos de menor caminho em vez de endereços de rede longos, evitando consultas complexas em uma tabela de roteamento.

Dessa forma, a rede se torna mais segura e rápida. Com o uso do protocolo, a comutação de dados entre as rotas pode ser feita em até 50 milésimos de segundos, portanto mais apropriado para o tráfego de grandes volumes de dados. Devido a essas vantagens, hoje o MPLS é utilizado nas redes das maiores operadoras de telefonia do País.

O protocolo permite ainda a padronização da arquitetura de rede em todas as distribuidoras do grupo – além das empresas onde a modernização já foi iniciada, há também a Neoenergia Coelba (BA) e a Neoenergia Brasília (DF), que totalizam mais de 15,7 milhões de clientes em cinco estados e no Distrito Federal. Isso representa mais eficiência no uso dos recursos e redução de custos.

Em Pernambuco, onde o projeto foi iniciado, a primeira fase foi concluída com a instalação entre Recife e Caruaru, uma distância de cerca de 140 quilômetros. Em 2022, está em andamento a implantação em sete subestações entre Caruaru e Serra Talhada, cidades a aproximadamente 300 quilômetros de distância no interior do Estado. O projeto tem conclusão prevista para 2023, quando chegará a Petrolina, cidade localizada a mais de 700 quilômetros da capital.

Ao todo, serão contempladas diretamente 34 subestações da Neoenergia Pernambuco entre Recife e Petrolina. No Estado, há 2,5 mil religadores automatizados, dos quais 900 já foram contemplados. Os benefícios se estendem para mais de 97% dos clientes da distribuidora, já que todos os outros ativos da rede elétrica podem se conectar com a rede MPLS através de outros meios de comunicação.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.