ArcelorMittal obtém certificação em Sustentabilidade inédita nas Américas
11 de março de 2022
  • English

Unidade capixaba obteve o ResponsibleSteel™, modelo para a produção sustentável de aço no mundo

A ArcelorMittal Tubarão é a primeira planta industrial nas Américas e fora da Europa a obter a certificação de sustentabilidade das suas operações pelos padrões da ResponsibleSteel™, organização mundial referência para a produção de aço de maneira responsável. Antes de receber o reconhecimento, a unidade – maior usina do Grupo ArcelorMittal no Brasil, situada no município de Serra (ES) – passou por um rigoroso procedimento de auditoria.

“A nossa busca é constante por um processo mais sustentável desde o fornecimento de matérias-primas até a venda das soluções para nossos clientes. Com a certificação, queremos que nossos clientes da indústria e a sociedade tenham certeza de que o nosso aço é produzido com responsabilidade em todas as suas etapas”, explica Jorge Oliveira, CEO ArcelorMittal Aços Planos América do Sul. A certificação tem validade de três anos e é aprimeira obtida por uma empresa fora da Europa.

Para Ali Lucas, CEO do ResponsibleSteel™, o setor do aço foi duramente afetado pela pandemia da Covid-19 e a sua recuperação é essencial para a região. Mas o crescimento não pode nem deve ocorrer a qualquer custo. Por isso, a obtenção do primeiro certificado ResponsibleSteel é de extrema importância para uma unidade na América Latina. “Essa certificação não é fácil de se conquistar e os destaques do setor não estão focados apenas na descarbonização dos processos, mas também no respeito aos direitos humanos, direitos trabalhistas e comunidades locais, sempre garantindo que a saúde e a segurança permaneçam como prioridades, com foco no amplo espectro da agenda ESG. A importância de uma cadeia de suprimento de aço responsável está em consonância com as expectativas dos stakeholders na América Latina, os quais conhecem bem as conexões entre mineração e produção de aço e a necessidade de abordar não apenas os impactos diretos da indústria do aço. Esta é a razão pela qual a cadeia de fornecimento responsável se tornará uma importante e crescente parte do processo de certificação do ResponsibleSteel”, explica.

Em 2019, o ResponsibleSteel™ criou um padrão de sustentabilidade que conta com 12 princípios ambientais, sociais e de governança. Os princípios estabelecem metas de sustentabilidade com relação à disponibilidade de recursos hídricos, saúde e segurança, demandas de stakeholders, direitos humanos e trabalhistas e redução de emissões de gases de efeito estufa, possibilitando que altos padrões de sustentabilidade na produção e consumo sejam atendidos.

Auditoria – Realizado pela consultoria independente DNV Brasil, o processo de auditoria consistiu no levantamento de informações aprofundadas sobre as práticas sustentáveis e trabalho de campo para recolher evidências com visita à planta industrial e entrevistas com stakeholders.

No ano passado, três auditores da DNV Brasil percorreram a usina para verificar a conformidade das operações e processos. Além disso, a consultoria conversou com empregados e terceirizados, fornecedores, representantes de órgãos públicos, sindicatos e moradores do entorno da ArcelorMittal Tubarão “A empresa intermediou os contatos com stakeholders, mas não teve interferência nem acompanhou nenhuma entrevista, deixando-os totalmente à vontade para as avaliações”, explica Oliveira.

Apenas para dar um exemplo, 50 colaboradores da empresa e prestadores de serviço foram entrevistados diretamente pelos auditores. Uma lista com mais de 5 mil nomes foi disponibilizada pela empresa ao auditor responsável, que selecionou os empregados aleatoriamente. As questões focaram no ambiente de trabalho e relacionamento com colegas e gestores, saúde e segurança do trabalho, horário de trabalho e pagamento de salários e benefícios, plano de desenvolvimento de carreira, liberdade de filiação aos sindicatos, dentre outros assuntos. Após a análise pelo Comitê do ResponsibleSteel™, o relatório da DNV Brasil sobre Tubarão teve a revisão de um painel independente, que recomendou a certificação.

ResponsibleSteel™ – Lançado em 2015, o ResponsibleSteel™ estabelece padrões globais de desempenho em sustentabilidade e promove a certificação de empresas da cadeia do aço por meio de uma rede de organismos de certificação independentes. A iniciativa inovadora envolve mais de 40 membros e associados, compostos por companhias da cadeia do aço e organizações da sociedade civil de todo o mundo.

O papel do ResponsibleSteel™ é aprimorar o fornecimento, a produção, o uso e a reciclagem responsáveis de aço por meio do desenvolvimento de padrões, certificação e ferramentas relacionadas. A ArcelorMittal tem desempenhado função fundamental no estabelecimento desse modelo e está representada no Conselho de Administração.

Padrão de desempenho – O padrão de sustentabilidade para todo o processo de produção de aço conta com 12 princípios ambientais, sociais e de governança. São eles: Liderança Corporativa; Sistemas de Gestão Social, Ambiental e de Governança; Saúde e Segurança Ocupacional e Comunitária; Direitos do Trabalho; Direitos Humanos; Comunidades Locais; Engajamento das Partes Interessadas e Comunicação; Mudanças climáticas e Emissões de Gases de Efeito Estufa; Ruído, Emissões, Efluentes e Resíduos; Recursos Hídricos; Biodiversidade e Descomissionamento e Encerramento de Operações. O objetivo da ArcelorMittal é certificar todas as unidades no Brasil nos próximos anos.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.