Tecnologia inédita no mundo dá acesso a imagens diárias e escaláveis da biomassa das plantações sem interferência de nuvens
03 de fevereiro de 2021
  • English

  • Os agricultores ganham acesso a imagens diárias e altamente precisas da biomassa. Com isso, eles podem monitorar continuamente o desenvolvimento do cultivo, melhorando a tomada de decisão nas lavouras
  • O serviço de imagem de biomassa será integrado ao xarvio™ FIELD MANAGER e a previsão é que esteja disponível na América do Norte e na América Latina ainda em 2021

 

 A BASF Digital Farming GmbH, em parceria com a VanderSat, serão as primeiras empresas a oferecer comercialmente para os agricultores o acesso a imagens diárias e escaláveis da biomassa, sem interferência da cobertura de nuvem.

As duas empresas assinaram um acordo comercial, que prevê a integração do produto ‘Cloud-free Biomass‘ da VanderSat, com a solução xarvio™ FIELD MANAGER da BASF Digital Farming.

Os agricultores terão acesso diário a imagens de alta qualidade da biomassa das plantações. O acesso mais rápido às imagens da biomassa permite o monitoramento contínuo do desenvolvimento do cultivo, levando a melhores decisões agronômicas. Com isso, a produção é otimizada, economizando tempo e dinheiro, além de promover a sustentabilidade na agricultura.

 

Colaboração para transformar a agricultura

Cloud-free Biomass é resultado da estreita parceria e dos testes desenvolvidos pelas equipes xarvio e VanderSat nos últimos dois anos. O novo produto obteve bons resultados nos testes na Alemanha, Ucrânia, Reino Unido, Canadá e Brasil na safra 2019/20. Ele tem alta resolução espacial (10 metros x 10 metros) e oferece uma métrica única e consistente da biomassa do cultivo. Com isso, os agricultores podem comparar o desempenho de diversos talhões em uma grande área ou ainda comparar os resultados em diferentes safras.

Medida diária e confiável da biomassa do cultivo

Integrando três diferentes produtos de satélite, o Cloud-free Biomass usa o método patenteado da VanderSat de recuperação para tecnologia de microondas, juntamente com microondas ativas do satélite Sentinel-1 da Agência Espacial Europeia (European Space Agency, ESA) e imagens ópticas de seu satélite Sentinel-2. Depois, a VanderSat usa seu conhecimento em sensoriamento remoto para interpretar o resultado dessas fontes de dados e oferecer uma medida diária e confiável da biomassa do cultivo.

 

Imagens da biomassa sem interferência de nuvens

 Em algumas partes da Europa, Américas do Norte e Latina, as imagens da biomassa sofrem grande obstrução pela cobertura de nuvem. Às vezes, pode levar mais de duas semanas para receber uma imagem ‘limpa’ da biomassa, que geralmente está defasada porque as condições do cultivo mudaram.

As imagens Cloud-free Biomass estão disponíveis diariamente e oferecem grandes benefícios. Diferentemente das imagens de satélite Índice de Diferença Normalizada de Vegetação (Normalized Difference Vegetation Index, NDVI), que não estão disponíveis em dias nublados e só medem o verde espectral, o Cloud-free Biomass também mede parâmetros biofísicos e conteúdo hídrico na vegetação, para calcular de forma contínua e precisa todos os estágios do crescimento do cultivo, por toda a safra de crescimento.

 Jeff Spencer, líder global de Tecnologia e Dados do xarvio, comenta: “Oferecer aos agricultores um acesso mais rápido a imagens confiáveis e de qualidade da biomassa permite maior supervisão e ajuda a reduzir riscos, garantindo que qualquer ação necessária seja tomada quase imediatamente. Temos certeza de que o Cloud-free Biomass será bem recebido pelos clientes do xarvio™ FIELD MANAGER e pelo setor agrícola”.

 “Como parceiro de lançamento, o xarvio™ deu à VanderSat a oportunidade de desenvolver um produto de ponta, que atende plenamente às necessidades dos agricultores. O lançamento do produto Cloud-free Biomass é um grande passo para a VanderSat em direção a uma oferta completa para o mercado agrícola. Agora é possível monitorar continuamente as condições do cultivo, com um serviço operacional disponível no mundo todo”, diz Arjen Bakker, Diretor de Agro, Alimentos e Commodities na VanderSat.

No Brasil, a tecnologia vai proporcionar um ganho no acompanhamento das condições das lavouras. Ricardo Arruda, gerente técnico digital do xarvio, explica que algumas áreas ficam constantemente cobertas por nuvens durante a safra. “Nós estamos aumentando a frequência das imagens de satélite disponíveis aos agricultores brasileiros, com um novo mapa de biomassa disponibilizado diariamente independente das condições climáticas. Em algumas regiões do Brasil as nuvens impediam a coleta destas imagens ao longo da safra e quando isso acontecia o agricultor ficava sem acesso aos mapas de satélite dos seus cultivos, mas a partir de agora as nuvens não serão mais um problema. Na prática teremos condições de fornecer aos agricultores brasileiros imagens de altíssima qualidade dos seus campos de cultivos todos os dias, mesmo naqueles dias muito nublados.”

Cloud-free Biomass deve ser integrado ao xarvio™ FIELD MANAGER até o final de março de 2021 e estará disponível, num primeiro momento, nas Américas do Norte e Latina.  O acordo comercial entre a BASF Digital Farming Solutions GmbH e a VanderSat abrange Brasil, Canadá, Estados Unidos, Argentina, Alemanha e Ucrânia.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *