Shell Brasil promove debate sobre inclusão de PCDs no mercado de trabalho
06 de outubro de 2020
  • English

Evento virtual organizado pela empresa discutiu o tema na última quinta-feira (1)

Ser protagonista na conversa sobre diversidade e inclusão é um tópico prioritário na pauta da Shell Brasil. De acordo com o presidente da empresa, André Araujo, a companhia vem buscando caminhos para que o assunto seja tratado de forma cada vez mais efetiva. “Assim como falamos de transição energética e da necessidade de termos um papel proativo dentro dessa discussão, o mesmo vale quando falamos de inclusão”, afirmou o executivo em painel virtual realizado na última quinta-feira (1).

A inclusão profissional de pessoas com deficiência foi o tema da transmissão, organizada pela enABLE, rede interna da Shell voltada para questões relacionadas a PCDs que é composta, atualmente, por 70 integrantes. O objetivo do evento, que contou com a moderação de Guilherme Bara, consultor em Diversidade e pessoa com deficiência, foi discutir como a sociedade pode avançar nesta jornada. Também estiveram presentes representantes das empresas Total e Citi.

Na ocasião, o presidente da enABLE, Igor Baiense, compartilhou a sua experiência como PCD de baixa visão e falou sobre a importância da rede de afinidade dentro da companhia. “O objetivo da enABLE é remover barreiras de acesso, tanto físico quanto digital, além de endereçar o desenvolvimento de carreira de pessoas com deficiência e levar mais conscientização em torno da causa”, explicou Igor.

Além da enABLE, que atualmente conta com 70 membros, a Shell conta ainda com outras três redes de afinidade: TRUEColorsB.Power e Gender Balance. Os grupos são responsáveis por discutir e atuar interna e externamente em temas relacionados, respectivamente, aos interesses da comunidade LGBTQIA+, inclusão racial e equidade de gênero.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.