SCGÁS associa-se à Aberje
02 de outubro de 2019
  • English

Presente em 62 municípios catarinenses com mais de 1.150 quilômetros de gasodutos, a SCGÁS atinge em 2019 a metade dos seus 50 anos de concessão para o serviço de distribuição de gás natural em Santa Catarina. Desde sua criação em 1994 a empresa investiu R$ 1,2 bilhão em infraestrutura e distribuiu mais de 10,2 bilhões de m/³ de gás natural ao mercado catarinense. E acaba de tornar-se associada da Aberje.

A SCGÁS iniciou 2019 com cerca de 13.500 clientes entre os mercados industrial, automotivo, comercial e residencial, e deve finalizar o ano com aproximadamente 15.000 clientes. O segmento de maior consumo, com volume médio superior a 80% do total distribuído, é o das indústrias: são mais de 280 atendidas pela companhia e que representam cerca de 60% do PIB industrial do Estado.

O segmento automotivo é o segundo maior consumidor: representa por volta de 17% do volume de distribuição de gás natural de Santa Catarina, que tem a terceira maior frota do país com mais de 100 mil veículos rodando com GNV. O Estado também é o segundo do país com maior número de municípios atendidos e a SCGÁS ocupa a segunda posição em número de consumidores industriais.

Com 132 funcionários concursados, a SCGÁS apresenta índices de eficiência administrativa em custos que são modelo para o mercado nacional. A empresa é uma sociedade de economia mista e opera desde sua fundação por meio de parceria público/privada, registrando historicamente resultado operacional positivo sem acesso ao caixa público. Do seu capital social, a acionista Celesc, que tem participação do Governo Estadual, é minoritária e o modelo administrativo segue as diretrizes das empesas de ponta do setor privado.

COMUNICAÇÃO E MARKETING – Os primeiros especialistas em marketing e comunicação da SCGÁS foram contratados em 2006 e estas áreas passaram a ter orçamento disponível para desenvolvimento de ações a partir de 2009. Desde então, a Assessoria de Comunicação e Marketing (ASCOM) tem desempenhado papel fundamental para aproximar a relação da distribuidora com o seu mercado consumidor, com a sociedade e a imprensa catarinenses.

Com a constituição dos planos de comunicação foram traçados objetivos para construção da imagem e da marca da SCGÁS, procurando fortalecer seu conceito de empresa que busca a modernização dos seus processos, estruturas, ações e métodos de trabalho com destacada função socioeconômica. Atualmente, a ASCOM conta com uma equipe de quatro funcionários e outros dois estagiários para desenvolvimento de ações de marketing institucional e estratégias de comunicação interna e externa, zelando pela transparência e pela qualidade das informações divulgadas junto ao público de interesse da distribuidora.

Com forte presença na região litorânea, a SCGÁS foca suas ações no aproveitamento de tecnologias consagradas e na programação de investimentos para atender novos mercados. Estão em curso três projetos de interiorização: o atendimento antecipado por meio de redes isoladas na cidade de Lages e a continuação do Projeto Serra Catarinense com a execução de duas etapas de implantação de rede estruturante nas cidades de Laurentino, Trombudo Central e Pouso Redondo.

As metas da SCGÁS para os próximos 25 anos, até o final da concessão em 2044, são as seguintes: atingir a marca de mais de 2.300 quilômetros de rede implantada, distribuir ao mercado não térmico um volume médio de pelo menos 3,3 milhões de m³/dia de gás natural e investir um total de R$ 2,3 bilhões com infraestrutura. Com isso, mais de 80% do PIB catarinense será atendido pela empresa ao longo dos próximos 25 anos de atuação.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.