Rede Comunicação de Resultado celebra 18 anos e aposta na inteligência para a nova era da comunicação
05 de junho de 2020
  • English

A Rede Comunicação de Resultado, agência associada à Aberje, completa 18 anos de existência em plena era de pandemia. E em meio a tantas incertezas, a agência de atuação nacional aposta na inteligência para o novo momento da comunicação e reforça a importância dessa ciência como força motriz do desenvolvimento da sociedade e, consequentemente, de empresas e instituições diante desse novo cenário de transformação.  

Com quase duas décadas de atuação, a agência já vivenciou diferentes cenários e desafios. Compôs o time de comunicação da mineradora Samarco após a tragédia de Mariana e foi a primeira agência a estruturar a comunicação da Fundação Renova. Com uma carteira de clientes de peso, aposta também na comunicação integrada de empresas como a CNH Industrial. A Rede Comunicação se diferencia ainda pelas parcerias de longo prazo com empresas como Ambev, Gerdau, AngloGold Ashanti, Drogaria Araujo e Companhia Athletica. “Chegamos à maturidade em um momento único. A pandemia acelerou o processo de evolução digital e mudou quase que imediatamente a maneira de se relacionar das pessoas. E a Rede Comunicação abraçou o desafio, usando a inteligência e fazendo jus ao seu papel estratégico junto aos clientes. Nossos profissionais trabalham incessantemente para encontrar os caminhos adequados e se adaptar frente à tantas transformações”, comenta Flávia Rios, CEO e fundadora da agência Rede Comunicação de Resultado.

A Rede Comunicação de Resultado está localizada no coração de Belo Horizonte. Atua em todo o território nacional no setor privado – com empresas de diferentes áreas, portes e posicionamentos. Atualmente, conta com mais de 70 profissionais multidisciplinares em Minas Gerais, São Paulo e Paraná. Além da extensa plataforma de serviços em comunicação, a agência estreia a área de audiovisual, que inclui ampla sala e estúdio estruturados para diferentes dinâmicas. “Para o futuro eu aposto nas pessoas. Sim, o ser humano no centro da nossa comunicação. Claro que a tecnologia está cada vez mais presente no nosso trabalho.  Utilizaremos cada dia mais a inteligência artificial e os data centers para nos ajudar na assertividade da nossa comunicação. Mas, acima de tudo, seremos orientados para e pelas pessoas. Estamos pensando a comunicação para transformar relações”, conclui a executiva.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *