fbpx
×

Qual a relação entre mobilidade urbana e violência no Rio?

Redação Portal Aberje

rio-de-janeiro-2532139_960_720

Os pesquisadores Sérgio Veloso e Vinícius Santiago, da PUC-Rio, publicaram no dia 14 de novembro os resultados de um estudo sobre as dificuldades enfrentadas pelos 60 mil moradores do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, em relação à mobilidade urbana.

O estudo se chama “Ninguém Entra, Ninguém Sai – Mobilidade Urbana e Direito à Cidade no Complexo do Alemão” e foi produzido com apoio da Fundação Henrich Böll Brasil, e com participação de membros da própria comunidade do alemão organizados no Coletivo Papo Reto. “Pensar em mobilidade é pensar em fluxo e em movimento. A violência para. Ela paralisa o fluxo. Então ela é mortal para a própria noção de mobilidade”, disse Veloso ao jornal Nexo no dia do lançamento do estudo.

Confira o estudo completo aqui: http://bit.ly/2k50x7m