Publicidade no centro do Ciclo de Debates Aberje-Avon publicado em: 15/03/2017

Ana Paula Dondon

Evento Avon Aberje 20.09 (166)
(Foto: Evandro Moraes)

A Avon promoveu junto com a Aberje um ciclo de debates com três encontros dedicados a um tema atrativo e polêmico: os caminhos da publicidade na visão de pesquisadores e de profissionais do mercado. A abertura foi feita por Paulo Nassar, diretor-presidente da Aberje.

O primeiro encontro, “As fronteiras invisíveis do subliminar”, discutiu mitos e verdades desse tipo de propaganda. De acordo com Leandro Leonardo Batista, professor doutor da ECA-USP, “é um assunto que atrai muito interesse apesar de não contar com respaldo cientifico”. Segundo ele, existe uma maneira muito mais eficaz de induzir uma pessoa a partir de sugestões: o priming. Também conhecido como pré-ativação, trata-se de um recurso de memória em que um estímulo influencia a resposta a um outro estímulo posterior.

“Relações Éticas no Consumo”, tema da segunda edição, teve Clotilde Perez, professora livre-docente da ECA-USP e presidente da ABP2 – Associação Brasileira dos Pesquisadores como uma das palestrantes. Ela fez uma retrospectiva histórica e concluiu: “assim como os rituais de consumo compõem a postura cidadã do indivíduo, também a publicidade é influenciadora dessa postura – “a publicidade pode ser construtora de valores sociais”.

O terceiro encontro discutiu a propaganda comparativa, que é permitida pela legislação brasileira, apesar de ainda pouco comum. Um dos exemplos foi dado por Luiz Felipe Teixeira, gerente de Marketing da GM, que falou sobre duas campanhas da Chevrolet que trouxeram bons resultados.“Campanhas desse tipo devem ser feitas com o produto certo, e sempre com muito cuidado e certeza”, avaliou. Para Jaime Troiano, da Troiano Branding, “a empresa deve saber qual o propósito de uma marca, por que ela existe. Isso motiva e traz resultados. “Essa foi uma grande lição desses debates”, concluiu Paulo Nassar. “Empresa que tem propósitos e uma forte ligação com seus valores enriquece sua comunicação”.

Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *