Podcast da semana fala sobre nomofobia: o vício em celular
14 de dezembro de 2020
  • English

Especialista André Senador fala sobre o uso excessivo dos aparelhos digitais

Você utiliza seus dispositivos sociais além do normal? E o que é normal quando se fala em uso de redes sociais? Para dar continuidade a uma série de debates sobre o impacto das novas tecnologias no bem-estar e nas relações de trabalho, o especialista em comunicação e reputação corporativa André Senador vem ao podcast falar sobre como a maneira de nos comunicarmos tem sido mediada pelos meios digitais, principalmente durante a pandemia. Autor do livro Nomofobia 2.0 e Outros Excessos na Era dos Relacionamentos Digitais (lançada pela Aberje Editorial em 2018), que trata justamente sobre isso, Senador é membro do Conselho Consultivo da Aberje.

O autor comenta que falar de nomofobia em 2020 pode ser visto até como um “ataque”, porque a maioria das pessoas se utiliza muito dos dispositivos digitais. “Nem sempre podemos perceber o quanto estamos usando, não só em relação ao tempo, mas à intensidade com que usamos. A profundidade dessa intensidade somada ao tempo já é um alerta para que não haja o uso excessivo”, ressalta.

O atrativo da internet e das redes sociais é oferecer praticidade e rapidez, mas é preciso avaliar quantas horas passamos conectados por dia, seja trabalhando, seja se distraindo? “Você consegue se desconectar facilmente?”, provoca o especialista, argumentando que muitos deixam de fazer atividades presenciais e de dar atenção às pessoas para ficar conectado. “O alarme dispara quando a gente não se permite a moderação. Eu proponho janelas de desconexão, ou seja, estabelecer horários ao longo do dia para fazer outras coisas, relaxar, conversar ou até mesmo ficar sozinho”, recomenda. 

Ao comentar que o ambiente profissional já não favorece as relações humanas de uma forma acentuada, o especialista frisa que o próprio home office neste período de isolamento social tem impactado o relacionamento entre colegas de trabalho. “Quanto mais conectados, mais distantes estaremos de forma verdadeira das pessoas. No ambiente profissional, principalmente agora durante a pandemia, isso provoca a superficialidade nas relações e reduz os processos criativos. A comunicação empresarial, vista sob o contexto atual de relações virtuais, tem o objetivo de deixar os colaboradores informados, integrados e ainda motivados, uma tarefa que os comunicadores vêm enfrentando com extrema valentia nos últimos meses”, disse.

Com episódios curtos, de até 30 minutos de duração, o podcast vai ao ar toda segunda-feira de manhã e possui dois formatos. Um chama-se TENDÊNCIAS, em que um especialista fala sobre temas prementes do mercado. O outro formato chama-se DESAFIOS. Nele, um convidado comenta dilemas reais do mercado, a partir de suas experiências profissionais.

O FalAção quer ouvir você! Mande um e-mail para podcast@aberje.com.br ou em nossos canais nas redes sociais, com sugestões, críticas e dilemas que tem vivido na comunicação. A Aberje está coletando as histórias, participe!

O podcast é apresentado por André Felipe de Medeiros e produzido pela equipe da Aberje, formada por Andre Nakasone, Emiliana Pomarico e Victor Pereira.

Ouça aqui

Spotify

https://open.spotify.com/episode/5ZT9ThUKUDwuYMduQiBDfI

Apple Podcast

https://podcasts.apple.com/us/podcast/fala%C3%A7%C3%A3o/id1515306930

Google Podcasts

https://www.google.com/podcasts?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy8xNjM3ZTU5MC9wb2RjYXN0L3Jzcw==

Deezer

https://www.deezer.com/br/show/974792

Veja a lista completa de tocadores disponíveis na plataforma Anchor: https://anchor.fm/falacao-aberje

 

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *