Natura faz tributo aos oceanos em nova campanha de Kaiak Oceano e promove reflexão sobre o impacto do lixo nas águas
02 de outubro de 2020
  • English

“Ouça o Chamado do Oceano” é um convite para mergulhar na imensidão do fundo do mar e refletir sobre novas formas sustentáveis de lidar com a poluição das águas

Desde 1996, Kaiak, da Casa de Perfumaria do Brasil, se inspira no universo aquático e marinho. Com o lançamento de Kaiak OceanoNatura propõe um mergulho na imensidão do fundo do mar. A marca traz à tona a reflexão sobre as novas formas sustentáveis de lidar com a poluição das águas – o primeiro passo de Kaiak frente à causa da Natura que propõe um mundo  om #MaisBelezaMenosLixo – ao promover a conscientização e incentivar as pessoas a fazerem a diferença quanto ao destino do lixo no meio ambiente. Foi pensando na relação da marca com o oceano, além de sua sintonia com a natureza, que a agência DPZ&T chegou ao convite que age como fio condutor de toda a campanha: Ouça o chamado do Oceano.

Para isso, a comunicação conta com uma ação especial no Twitter, com a participação de Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso e Ítalo Ferreira. Ação de um dia inteiro, na última sexta-feira, o oceano realizou um takeover em seus perfis oficiais – uma ocupação instigante que trouxe luz e grandiosidade para o tema, como se o casal estivesse dando voz ao oceano e trazendo mensagens de urgência em nome das mudanças necessárias para combater os 80% do plástico produzido no mundo que está nos mares. Na ação especial, Isabella Santoni, Federico Devito, Raul Aragão, Hugo Bonemer e Érica Prado também participaram do movimento. Outros influenciadores darão sequência à ação, entre eles o ator Bruno Gagliasso e o surfista Ítalo Ferreira.

Com lançamento especial no break exclusivo do Jornal Nacional, o filme chama atenção para dados impactantes. A cada ano, 8 milhões de toneladas de plástico chegam ao oceano, segundo dados da Revista Science; e até 2050 teremos mais plástico do que peixes no mar, conforme estudo da Fundação Ellen MacArthur. O filme de 15″ alerta para a causa e a história é contada de forma completa na versão de 60″: um homem ouve o chamado e, em seu mergulho, depara-se com imagens impactantes do oceano sendo tomado pelo plástico. A produção de imagem é da Iconoclast Films, com direção de cena de Ian Ruschel, enquanto a Satélite Audio assina a produção de som. Assista aqui.

“Kaiak é uma marca icônica que se renova mais uma vez com Kaiak Oceano, um lançamento que oferece um olhar mais consciente sobre o lixo e o impacto que ele tem sobre as águas, dando luz a um dos temas mais sensíveis e alarmantes do momento: a poluição dos oceanos. Unimos inovação e sustentabilidade ao trazer parte da peça do lançamento com plástico reciclado e a extração qualificada das algas marinhas, presentes na composição da fragrância. Dessa maneira, realizamos um verdadeiro tributo aos oceanos, com o cuidado do meio ambiente e um lançamento que promove um mergulho na imensidão do fundo do mar”, afirma Denise Coutinho, diretora de Perfumaria da Natura.

Parte da peça plástica que compõe a embalagem do produto, os chamados “ombros” da fragrância, é feita de plástico reciclado – os frascos de todas as fragrâncias do portfólio de Kaiak já são feitos com até 30% de vidro reciclado. Parte desse plástico reciclado, cerca de 8%, vem do litoral, coletado por cooperativas. O restante é retirado de aterros sanitários. Desta forma, a marca fomenta a cadeia de reciclagem do material, ajudando a evitar que chegue a um de seus destinos mais comuns: o oceano.

Além disso, o filme plástico que envolve os cartuchos do novo Kaiak Oceano foi eliminado para reduzir ainda mais o uso do material. Agora, a caixa do produto é mais resistente e o lacre é feito com cola. O filme plástico, assim como qualquer outro plástico de uso único, como copos e canudos, é um material utilizado por poucos minutos e de forma individual, mas que leva milhares de anos para se decompor.

“A campanha foi inteira pensada para chamar atenção para a urgência desse tema. Assusta pensar que, apenas no tempo de leitura desse texto, milhares e milhares de novos quilos de plástico chegaram ao oceano. É um chamado que precisa ser ouvido, é o que buscamos inspirar”, comenta Denise Gallo, diretora de criação da DPZ&T.

 

Kaiak Oceano e Instituto Ecosurf

Para reforçar o verdadeiro tributo aos oceanos, a marca se uniu ao Instituto Ecosurf para promover a limpeza de uma área de reserva ambiental. A atuação aconteceu na estação ecológica Juréia-Itatins, em Peruíbe, litoral sul de São Paulo, e promoveu a retirada de 300 sacos de 100 litros de resíduos, totalizando a limpeza de cerca de 5 km de praia. Entre os materiais, foram encontrados cordas, redes de pesca, isopores, garrafas PET e demais resíduos, todos coletados por uma equipe responsável. A marca fará um inventário de todos os itens recolhidos para uma cooperativa de reciclagem em Itanhaém, também no litoral sul de São Paulo. Com a ação, a marca Kaiak busca fomentar a cadeia de reciclagem, auxiliando no destino correto dos resíduos para evitar que cheguem a um de seus fins mais comuns: o oceano. A iniciativa busca a conscientização da população frente a uma das maiores problemáticas no meio ambiente: encontrar formas sustentáveis e viáveis de lidar com o lixo que geramos para despoluir o planeta.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.