06 de novembro de 2020

Live aborda narrativas e ações empresariais para impacto positivo na sociedade

Em parceria com a Weber Shandwick, Aberje reúne comunicadores para debater sobre valor de marca, impacto positivo e o papel estratégico da Comunicação

Em parceria com a Weber Shandwick, Aberje reúne comunicadores para debater sobre valor de marca, impacto positivo e o papel estratégico da Comunicação

O papel estratégico da Comunicação Corporativa vai muito além de apenas contar uma boa história, de entregar uma mensagem, de se comunicar com seus diferentes públicos. A comunicação consolida valores de pensamentos e de ações, por isso a narrativa de uma organização e o cuidado com sua reputação se constroem muito antes das mensagens ou do diálogo com os públicos. Como a Comunicação viabiliza e facilita a adaptação das marcas a um novo padrão de exigência?

Para debater esse assunto, a Aberje e a Weber Shandwick promoveram, no dia 4 de novembro, a live “O Impacto da Comunicação – Novos tempos para as narrativas e as ações empresariais”, que contou com a participação de Sung Chang, Chief Impact Officer da Weber Shandwick, falando direto de Nova York; Claudia Leite, diretora de Comunicação e Valor Compartilhado da Nestlé Nespresso; e Pedro Torres, head global de Comunicação e Branding da Gerdau. O evento foi mediado por Rodolfo Araújo, VP da United Minds para a América Latina.

Rodolfo Araújo, da United Minds

Comunicação: interferindo no comportamento das organizações 

As transformações culturais, políticas, econômicas e sociais da sociedade global contemporânea vêm afetando o cenário empresarial e forçando as organizações a se valerem de abordagens mais modernas que atendam mais rapidamente às necessidades de mudança.

Depois de traçar uma perspectiva global sobre os acontecimentos recentes, principalmente nos EUA, Sung Chang, da Weber Shandwick, fez uma analogia entre o início da pandemia e as eleições à presidência nos Estados Unidos, no sentido de as empresas aproveitarem certas oportunidades ou ficarem apreensivas diante do desconhecido (vírus ou candidato). Em sua apresentação, o executivo focou em vários exemplos que envolveram diversos tipos de marcas no movimento Black Lives Matter e, ao final, analisou que há mais confiança sendo construída por toda a parte. “Nossos papéis e marcas têm mais poder de mudar o mundo”, concluiu.

Apresentação de Sung Chang, da Weber Shandwick

Chang acredita que, cada vez mais os comunicadores irão influenciar estrategicamente no comportamento das organizações e isso vai determinar o seu valor diante de seus variados públicos. Em sua análise, o executivo frisa alguns desafios, como a coragem para assumir uma posição, a necessidade de certa sensibilidade para que as marcas possam permanecer contemporâneas e alinhadas às expectativas, e a agilidade para adaptar e responder rapidamente às demandas, mas mantendo a identidade da marca.

Comunicação: parceira estratégica das organizações

A área de comunicação corporativa ganha, cada vez mais, uma relevância como parceira estratégica dentro da companhia como zeladora da reputação. Cláudia Leite, que atua na Nestlé há mais de uma década e criou a área de CSV (Creating Shared Value) da Nespresso em 2017 – passando a configurar entre as mais estratégicas da companhia sob os princípios de Desenvolvimento Sustentável e Impacto Positivo em diversos elos da cadeia -, compartilhou um pouco de sua visão sobre o assunto. 

Cláudia Leite, da Nespresso

“Nos últimos anos, nossa área de Comunicação adotou várias ações para construir essa imagem de marca e contribuir com esse movimento de abertura e transparência, que vai além de falar sobre o que fazemos, mas falar de maneira assertiva inclusive ajustando a narrativas, mostrando a nossa jornada e o quanto estamos comprometidos com ela”, contou. “É como a Nespresso se posiciona para falar muito mais dos nossos compromissos, desse impacto positivo que nós queremos promover na sociedade. Uma demanda no comportamento empresarial de um tema cada vez mais aquecido”.

Conectada com questões de comportamento, sustentabilidade e geração de impacto positivo, a companhia tem o papel de inspirar. “A narrativa e a comunicação devem ser assertivas nesse aspecto para mobilizar além da nossa cadeia. É como podemos usar a nossa posição privilegiada para mobilizar outras empresas para pensarem nisso também”, ressaltou a executiva.

Comunicação: contribuindo para uma agenda mais propositiva da sociedade

Frente a um processo de transformação digital e de modelo de negócio da produtora de aço Gerdau, Pedro Torres relatou como consegue conciliar tantos desafios de uma empresa próxima a completar 120 anos. “Temos muitos desafios na indústria do aço. O mundo vem mudando e a reflexão de que precisávamos nos adaptar a esse novo modelo de sociedade fez com que e a empresa passasse por um grande transformação cultural”, comentou.

Na ocasião, Torres ressaltou que nesse novo modelo de economia e demanda da sociedade – que contribui para uma agenda mais propositiva -, a comunicação tem um papel muito importante. “As áreas de comunicação são uma grande caixa de ressonância, de ser o agente de transformação e de reflexão. Por natureza é uma área que comunica as questões para dentro e para fora, mas também é como uma esponja no sentido de ouvir, para entender melhor suas comunidades, entender o que acontece nas redes sociais, e assim antecipar discussões, refletir e tomar decisões”.

Pedro Torres, da Gerdau

Decisões essas que cada vez mais são tomadas a partir das habilidades, conhecimentos e competências da área de comunicação que se mesclam e exigem uma capacidade de gestão. Gestão da reputação, gestão de stakeholders, gestão da cadeia, gestão da narrativa. “Eu acrescento o papel da gestão em nos mostrar para onde queremos ir, enquanto marca, perspectiva e visão de negócio e a área de comunicação corporativa como articuladora, entendendo quais são os cenários e promovendo discussões internas e a liderança tem esse papel de moldar pelo exemplo”, arrematou Cláudia.

Assista à live na íntegra:

 

  • COMPARTILHAR:

COMENTÁRIOS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *