Latam Airlines lança estratégia global de Sustentabilidade intitulada “Um destino necessário”
06 de maio de 2021
  • English

Propósito da companhia é atingir a neutralidade em carbono em 2050

Um destino necessário. Necessário para o planeta, necessário para os ecossistemas, necessário porque é urgente. Dessa forma, o Grupo Latam Airlines assume a Sustentabilidade como seu maior desafio, reforçando e transformando o trabalho em um compromisso assumido com a América do Sul, que possui 40% da biodiversidade ecológica do mundo. A Estratégia Global de Sustentabilidade da companhia foi apresentada hoje (dia 5) em transmissão ao vivo para os principais stakeholders da companhia, conclamando governos, ONGs, clientes, sociedade civil e colaboradores do Grupo a embarcarem juntos nessa trajetória.

Eliminar plásticos de um só uso e tornar-se uma companhia de zero resíduos para proteger a riqueza natural do continente e desenvolver as tecnologias necessárias para atingir a neutralidade em carbono é o principal desafio deste novo destino da companhia. Destino que se baseia em quatro pilares: gestão ambiental, mudança climática, economia circular e valor compartilhado. “Vamos implementar um sistema de gestão ambiental de nível mundial que nos permitirá controlar e mitigar nossos impactos  no meio ambiente. Seremos carbono zero em 2050”, diz Roberto Alvo, CEO do Grupo LATAM Airlines.

Roberto Alvo

Na ocasião, o CEO da LATAM no Brasil, Jerome Cadier, falou sobre a responsabilidade que a companhia tem enquanto setor e nação. “O Brasil tem enorme potencial para a produção de combustíveis renováveis e por isso vamos trabalhar fortemente para apoiar projetos em larga escala e identificar oportunidades para projetos de compensação de carbono para contribuir para a preservação do nosso meio ambiente”, disse, revelando detalhes de outro pilar da estratégia de sustentabilidade da companhia: o de economia circular.

Cadier explica que essa atuação se dará em três grandes frentes: 1) eliminação de 100% do plástico de uso único; 2) substituição de itens de serviço a bordo por materiais mais sustentáveis, menus digitais e um novo ‘Amenity Kit’ 100% sustentável; 3) mudança de cultura, pois o sucesso do projeto está associado diretamente ao engajamento de todos. “Temos uma agenda focada no envolvimento dos colaboradores com treinamentos, compartilhamento de boas práticas, reciclagem nos escritórios etc, são alguns dos exemplos que vem pela frente para que haja uma mudança de dentro para fora. Ações como essa contribuem para que a companhia deixe de produzir mais de 700 toneladas de plástico todos os anos”, exemplifica o executivo.

Jerome Cadier

 

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.