Itaú promete R$ 400 bi para crédito sustentável até 2025 
21 de junho de 2021
  • English

O Itaú Unibanco estabeleceu compromisso de contribuir com 400 bilhões de reais até 2025 para promover uma economia sustentável, segundo comunicado do maior banco brasileiro enviado à Comissão de valores Mobiliários (CVM). 

O valor contempla medidas como concessão de crédito em setores de impacto positivo na sociedade, como serviços de energias, saúde, educação e obras de infraestrutura, entre outros) e estruturação de operações de mercado com selo ESG para clientes, como ESG bonds, ESG loans e debêntures verdes.

Também estão incluídos produtos ESG para o varejo, como financiamento de carros elétricos/híbridos, painéis solares, microcrédito, entre outros, segundo o banco.

Embora os negócios do banco de atacado sejam predominantes, alguns produtos de varejo também entrarão na conta, como financiamento para instalação de placas solares, crédito para compra de carros híbridos elétricos e microcrédito.

Para compor o que considera desenvolvimento sustentável, o banco elegeu seis setores:

  1. geração de energia renovável, o que inclui solar, eólica e pequenas centrais hidrelétricas;
  2. serviços de energia, que barateiem o acesso a energia;
  3. saúde e educação, com foco na melhoria da qualidade de vida, qualificação profissional e empregabilidade;
  4. papel e celulose, desde que com manejo sustentável de florestas;
  5. agronegócio, com foco em açúcar e etanol, cooperativas e produtores rurais (o que inclui pecuaristas, mas deixa frigoríficos de fora); e
  6. infraestrutura, focada em transporte ferroviário e saneamento básico.

 

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *