Ipiranga anuncia patrocínio ao Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino
18 de julho de 2022
  • English

Empresa é a primeira distribuidora a apoiar uma categoria feminina de futebol no país

Sérgio Lourenço, Gerente de Negócios da Ipiranga; Carla Larini, Gerente de Marketing e Negócios da FGF; e Luciano Hocsman, Presidente da FGF, durante o evento com as novidades do Gauchão Feminino Ipiranga

A bola vai rolar no Gauchão Feminino Ipiranga. O pontapé inicial está agendado para o dia 31 de julho, data em que marca a estreia da empresa no patrocínio inédito ao Campeonato Estadual de Futebol Feminino.

A novidade foi anunciada na noite de ontem durante um evento promovido pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), que contou com a presença das atletas, da imprensa, dos representantes da Ipiranga, dos clubes, além de convidados especiais.

A Ipiranga já é patrocinadora oficial da competição masculina no Rio Grande do Sul há sete anos consecutivos. Com esta novidade, a empresa passa a fazer um movimento inédito, ao se posicionar como a primeira distribuidora de combustíveis a patrocinar a edição feminina da modalidade.

De acordo com Barbara Miranda, diretora de Marketing e Negócios da Ipiranga, o investimento no futebol feminino gaúcho é uma ação relacionada com a própria cultura da empresa, que tem na diversidade um componente essencial na estratégia de negócios.

A Ipiranga aderiu recentemente aos Princípios de Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres e Pacto Global) e colocou ações em prática: no último programa de trainee da companhia, 75% das vagas foram preenchidas por mulheres. Além disso, a Ipiranga criou o Women Speed, programa de mentoria para acelerar a presença feminina em cargos de liderança. São iniciativas que a Ipiranga busca refletir também em seus patrocínios. Além de ser um investimento relevante na modalidade focada em mulheres que são atletas em um esporte tradicionalmente masculino, o projeto reforça nossa posição como uma empresa que de fato promove a diversidade. Ao associar nossa marca ao Gauchão Feminino, nos tornamos ainda mais próximos do público gaúcho. Afinal, a visibilidade e interesse pela competição só refletem o crescimento da modalidade no Estado”, comenta Barbara.

O futebol feminino cresceu muito nos últimos anos, especialmente no Rio Grande do Sul. Em 2019, eram seis clubes participantes do campeonato no Estado; e hoje, esse número é de 10, o que representa um crescimento de 25%, incluindo todas as regiões do Estado. Em campo, o número de mulheres também aumentou. Em 2021, foram 242 atletas inscritas e, este ano, a expectativa é aumentar 10% esse número. “Estamos conquistando, aos poucos, nosso espaço e mostrando a força das mulheres no futebol. O Rio Grande do Sul tem se destacado no cenário nacional e até internacional revelando grandes talentos. Temos muito para evoluir, mas é passo a passo que vamos conquistando mais espaço e relevância”, comemora Carla Larini, Gerente de Marketing e Negócios da Federação Gaúcha de Futebol.

O Gauchão Feminino Ipiranga terá uma série de ativações, com destaque para o “Tour da Taça”, no qual o troféu da competição será exposto nos postos Ipiranga das cidades dos clubes. Haverá ainda a entrega de um troféu especial da empresa para as melhores jogadoras das semifinais e da final. A Ipiranga também vai personalizar o banco de reservas na final, patch e marca nas camisas dos clubes, placas nos campos de jogo, além de outras ações.

O Gauchão Feminino Ipiranga terá 10 times na edição de 2022, que se enfrentarão rumo ao título estadual no dia 6 de novembro. São eles: Adergs, Brasil-Farroupilha, Elite, Flamengo, Grêmio, Guarany, Internacional, Juventude, Oriente e Vidal Pro.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.