Instituto Renault apoia iniciativa do Governo do Estado do Paraná para distribuição de máscaras produzidas pelo terceiro setor
29 de abril de 2020
  • English

Em mais uma iniciativa do Instituto Renault com foco na geração de renda para famílias em vulnerabilidade social, em parceria com a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho do Paraná e da rede de voluntários “Família Solidária”, 11 mil máscaras serão destinadas a profissionais da saúde e instituições sociais. Parte da produção será entregue à Secretaria da Saúde de São José dos Pinhais e à Instituição Pequeno Cotolengo. A Renault é associada da Aberje.

A confecção das máscaras é feita pelo Programa Supera, uma das unidades de inclusão da Unilehu, que por meio da formação na costura e estamparia gera renda para diversas pessoas em situação de vulnerabilidade social. “Por meio dessa iniciativa buscamos gerar renda para famílias neste momento de paralisação e, ao mesmo tempo, produzir máscaras que são essenciais para conter o aumento do número de casos de coronavírus no estado”, afirma Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da Renault do Brasil.

“Essas máscaras serão repassadas para entidades e famílias em situação de vulnerabilidade social pela Rede Família Solidária. Essa é mais uma boa contribuição neste momento tão complicado em que vivemos. Por isso, pedimos que a sociedade paranaense continue ajudando quem mais precisa”, explicou o secretário da Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost.

“Em nossa instituição social temos várias unidades e setores de inclusão, uma delas é uma fábrica que faz a qualificação profissional de costureiros de Curitiba. Com essa pandemia decidimos usar essa estrutura para confeccionar essas máscaras que serão utilizadas por instituições que mais precisam”, disse a presidente da Unilehu, Andrea Koppe.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.