Instituto CCR propõe atividades para a conscientização no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência
04 de dezembro de 2020
  • English

O programa Caminhos para a Cidadania e o Instituto CCR convidam alunos e professores a refletirem sobre a inclusão de pessoas com deficiência

Para ampliar a conscientização sobre o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, o programa Caminhos para a Cidadania, realizado pelo Instituto CCR, oferece sugestões de atividades para as crianças compreenderem melhor o que é deficiência, a importância do respeito e da empatia e, ainda, o que podem fazer para a sociedade ser mais inclusiva. Uma das propostas, por exemplo, incentiva a reflexão sobre os diferentes tipos de deficiência e as possíveis adaptações que tornariam as escolas e espaços de lazer mais acessíveis. Na via Dutra, o programa conta com o apoio da CCR NovaDutra.

“Buscar a inclusão de alunos com deficiência não passa apenas pelas mudanças físicas dos locais, é preciso também realizar um processo de conscientização dos colegas e professores que irão conviver com eles”, esclarece Ariane Teles, responsável pelo Caminhos para a Cidadania. “Um ambiente saudável e inclusivo é fundamental para um desenvolvimento educacional pleno para todas as crianças.”

Uma das atividades propostas pelo Caminhos para a Cidadania é a narração de histórias de grandes personalidades que têm algum tipo de deficiência, como Stephen Hawking, um dos mais conhecidos físicos do mundo e o nadador Daniel Dias, maior medalhista da história do esporte brasileiro. A ideia é desmitificar a deficiência, quebrar tabus, conscientizar e ensinar as crianças a prática da inclusão, do respeito e da empatia. As histórias dessas personalidades e outras informações sobre as atividades estão disponíveis no site do programa (https://bit.ly/ICCRPCD).

Mais sobre o Caminhos para a Cidadania

O programa é uma ação socioeducacional para alunos da rede pública de ensino que leva os temas segurança no trânsito, cidadania, mobilidade urbana e meio ambiente a escolas dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná. Até 2019, foi direcionado aos alunos do 4º e 5º anos e, em 2020, estendeu suas atividades aos alunos de 1º a 3º, a pedido das escolas. Em 2019, o Caminhos para a Cidadania iniciou o uso de uma plataforma para a realização do curso livre EAD a professores, coordenadores municipais e pedagógicos. Em 2020, o programa tornou-se totalmente digital, inclusive para os alunos. Além dos conteúdos voltados aos municípios adeptos ao programa, o site (www.caminhosparaacidadania.com.br) conta com várias outras atividades, jogos e dicas disponíveis ao público geral. Na via Dutra, o programa conta com o apoio da CCR NovaDutra.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *