iFood renova a comunicação com entregadores para trazer mais clareza e transparência
20 de abril de 2021
  • English

Entre as novidades está a mudança de linguagem e o uso de elementos visuais nos materiais, além de seção intitulada Abrindo a Cozinha para explicar melhor o dia a dia e como funciona a parceria

Com o objetivo de dar mais clareza sobre a parceria e distribuição de pedidos, o iFood deu início a uma série de ações de comunicação para que seus parceiros entregadores tenham acesso a mais informações que melhorem seu dia a dia utilizando a plataforma.

O primeiro passo foi simplificar os Termos e Condições de uso do aplicativo, deixando-os mais amigáveis para leitura e consulta. Aplicando o visual law — que explora elementos visuais como infográficos, fluxogramas, ícones, entre outros —, o iFood conseguiu tornar o documento que guia a relação entre entregadores e empresa mais claro e compreensivo.

Já o Portal do Entregador, canal exclusivo lançado em 2019 que reúne conteúdos para ajudar no dia a dia dos entregadores, ganhou uma seção chamada Abrindo a Cozinha”, que traz informações sobre a relação entre empresa e parceiro, distribuição de pedidos e esclarece fake news. O iFood também reforçou a transparência sobre os critérios de distribuição de pedidos por meio do App do Entregador, que mostra para cada um a taxa de finalização das rotas, o detalhe da quantidade de rotas enviadas e finalizadas, o número de pedidos entregues, quantidade e teor de avaliações dos clientes.

De acordo com pesquisa do IBOPE, que entrevistou, por telefone, 650 profissionais ativos na plataforma, houve um aumento de 13 pontos percentuais entre outubro de 2020 e meados de fevereiro de 2021, com  mais de  40% dos respondentes afirmando que têm total entendimento ou conhecem razoavelmente os critérios de distribuição de pedidos.

A ideia é que essas iniciativas de transparência continuem se desdobrando em novas atualizações no app, bem como em conteúdos de interesse para os parceiros. Temos realizado pesquisas constantes via IBOPE e vimos que houve uma melhora entre outubro e dezembro no nível de conhecimento dos entregadores sobre a distribuição de pedidos. Com os resultados, seguimos animados para os próximos passos dessa jornada”, comenta Claudia Storch, diretora de Logística do iFood.

Segundo essa pesquisa, as primeiras atualizações no app realizadas em dezembro de 2020 foram bem avaliadas pelos entrevistados. Mais de 70% afirmam que isso torna o iFood mais transparente, mais de 60% que as informações os ajudam a receber mais pedidos e 84% disseram que as informações ajudam a melhorar como profissional.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.