Hamilton dos Santos para O Globo: “David Hume cancelado?”
20 de setembro de 2020
  • English

Em artigo para O Globo, Hamilton dos Santos, diretor geral da Aberje e doutorando em Filosofia pela USP, reflete sobre a decisão da Universidade de Edimburgo em retirar o nome do filósofo escocês do prédio principal de seu campus, devido a reivindicações de ativistas.

“Não rir, não lamentar, mas compreender. Essa é a atitude mais razoável diante da notícia”, reflete. David Hume (1711-1776) foi um dos mais importantes filósofos do chamado empirismo britânico, eleito em 2000 o escocês do milênio e, em 2009, o filósofo com que outros filósofos mais se identificavam. Não obstante, a Universidade de Edimburgo decidiu rebatizar a David Hume Tower para simplesmente 40 George Square, devido a acusações de ativistas de que o filósofo pregava a supremacia branca por meio de “epítetos racistas”.

Hamilton argumenta: “Devemos suspender o juízo diante do fato de que, entre os líderes do movimento, não haja professores nem pesquisadores renomados. Devemos ignorar as notícias segundo as quais o diretor-geral Peter Mathieson, que sacramentou a decisão de ‘cancelar’ Hume, tenha sido investigado por pagar o transporte aéreo de seus pets (um cachorro e um gatinho) com dinheiro da universidade. Também não vale entrar no mérito de que a George Square homenageie um rei, Jorge III, que, à época de Hume, liderava um império comprometido com a manutenção de colônias e o tráfico de escravos. Antes, devemos compreender e aceitar a decisão, pondo-a na conta de um esforço legítimo da sociedade de buscar eliminar desigualdades acumuladas e compensar perdas sofridas por negros e minorias ao longo da História. Devemos, de boa-fé, compreender a situação: afinal, diante da pressão de um abaixo-assinado on-line que angariou menos de 2.000 assinaturas, eles se viram frente ao Mito de Tebas destes nossos tempos: ‘Cancela ou serás cancelado’.”

Leia o artigo na íntegra (para assinantes) neste link.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *