Grupo de afinidades da BASF traz avanços na inclusão de pessoas negras
20 de novembro de 2018
  • English

No dia 20 de novembro, o grupo de afinidades da BASF Black Inclusion Group (BIG) completa um ano. Formado por pessoas negras e não negras, o grupo foi criado a fim de promover a conscientização relacionada à diversidade étnico-racial e fomentar políticas afirmativas de inclusão de pessoas negras na empresa. Entre as iniciativas no período, está a parceria com a Universidade Zumbi dos Palmares. A BASF é associada da Aberje.

Com o objetivo de promover não só a contratação, mas a inclusão de fato, de jovens negros, a parceria com a Universidade Zumbi dos Palmares envolveu a contratação de 12 estagiários negros, que contam com mentoria dos membros do BIG, assim como iniciativas de capacitação, como aulas de Inglês. Os jovens foram recebidos pelo CEO da empresa, Manfredo Rübens.

Por meio da parceria, aos 27 anos, o estudante de Direto da Universidade Zumbi dos Palmares Lucas Nascimento de Oliveira ingressou na BASF como estagiário. Segundo ele, é muito importante quebrar barreiras e paradigmas e, como a BASF tem uma política de valorização da diversidade, iniciativas como esta são fundamentais para o desenvolvimento da empresa e também para os estagiários. “Procuro dar o melhor de mim, desde o processo seletivo, e aqui na BASF estão me dando todas as possibilidades e condições e estou absorvendo o máximo. Estou no início dessa experiência, mas no futuro, me vejo mais confiante, mais preparado e capacitado para crescer e exercer um papel de protagonista”, comenta.

Segundo Bruno Barreto, Consultor de Diversidade da BASF para a América do Sul, a diversidade é um valor essencial para os negócios, pois impulsiona a criatividade e a inovação. “Sobre as questões étnico-raciais, não podemos esquecer da dívida histórica e do preconceito velado ainda observado no país. Neste sentido, políticas afirmativas não só de contratação, mas de inclusão de fato nas empresas, são fundamentais”, comenta.

Ao longo do ano, também foram realizados encontros para conscientização de colaboradores, o último deles, com a presença de Djamila Ribeiro, mestra em Filosofia Política e ativista sobre questões étnico-raciais. Além disso, a companhia conta uma governança estruturada, cujo papel é fazer com que as iniciativas de diversidade sejam discutidas e definidas desde o Comitê Executivo, passando pelo Comitê de Sustentabilidade, até a implementação pela Gerência de Talentos e Diversidade, demais gerências e colaboradores da empresa.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.