Especialistas debatem a importância da prevenção de gestão de crises em situações de ataques cibernéticos
27 de maio de 2022
  • English

Webinar da Oficina Consultoria, o Arena de Ideias, abordou os temas da segurança digital e gestão reputacional nesses momentos de crise

As instituições públicas e corporações do Brasil têm atualmente uma grande preocupação com o risco reputacional e com a segurança digital. Em debate nesta quinta (26) sobre a proteção da reputação de organizações após ataques cibernéticos, especialistas destacaram a importância da implementação de políticas de segurança e da gestão de reputação com prevenção, capacitação e governança nas corporações.

De acordo com o advogado criminalista David Rechulski, a certeza do risco de ataques cibernéticos aponta para a necessidade da implementação de planos de gestão de risco e de crise de forma efetiva e transparente. Segundo ele, é importante fazer simulações, formar comitês com especialistas, ter mapeamento, fluxo e ter protocolos de respostas para as situações.

“As empresas no Brasil acabam gastando mais no reativo do que no preventivo e, dentro do conceito de que a crise de que vai acontecer em algum momento, é importante fazer uma antecipação dessas situações” disse, lembrando que até grandes empresas e instituições como a Nasa e a Microsoft foram atingidas com esse tipo de crime. “É muita pretensão a gente achar que a gente não vai ser. Isso denota uma falta de preparo”, opinou.

Patrícia Marins destacou que a crise “não combina com amadorismo e com lentidão”.  Ela observa que tudo que se pode fazer em termos de prevenção de crise já é um passo dado para minimizar os danos que são inevitáveis.  “A crise reputacional de um crime cibernético mal administrada, com lentidão, com falta de transparência, com falta de respostas precisas pode sim vir a corresponder a um cancelamento desta marca ou dessa instituição”, destacou.

Para Rogério Galloro, assessor especial da presidência do STF, as corporações devem se preocupar em proteger os dados e ser transparentes quando acontecerem vazamentos junto aos prejudicados. Para ele, a segurança de imagem é um dos fatores principais da segurança institucional. “Se você não tiver de fato executado um bom trabalho não tem como dar boa notícia e se você não for transparente e claro naquilo que vai responder, você não tem como proteger a sua imagem”, explicou, lembrando que nenhum lugar é inexpugnável.

As expectativas do consumidor, da sociedade e os desdobramentos e as consequências legais de um ataque cibernético também foram debatidos. A confiança e transparência foram eleitos posicionamentos primordiais nestes momentos de crise.  “A confiança é o fio condutor, a confiança não é algo imposto, é algo conquistado no dia a dia. A base da confiança é o diálogo, a transparência e,  para isso, o preparo é fundamental”, finalizou Marins.

Arena de Ideias

O Arena de Ideias é um  webinar quinzenal, aberto ao público, promovido pela Oficina Consultoria de Reputação e Gestão de Relacionamento, que traz nomes de relevância no mercado para debater assuntos atuais e que estão em pauta na sociedade brasileira. Este episódio pode ser assistido na íntegra no YouTube, Spotify e LinkedIn. Assista: https://lnkd.in/e3sybQPF

 

 

 

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.