Ecolab lança no Brasil iniciativa voltada para inclusão e desenvolvimento de profissionais negros
04 de agosto de 2021
  • English

 EcoEssence é o primeiro da multinacional norte-americana a ser desenvolvido fora dos EUA e já superou em mais de 30% sua meta de número de adesões de funcionários no País

A Ecolab lançou recentemente uma nova iniciativa para promover a equidade racial dentro das suas unidades e operações no Brasil. Denominada EcoEssence, trata-se de um ERG – Employee Resource Group, ou grupo de afinidade, com o objetivo de atrair, engajar e desenvolver profissionais negros para vários níveis hierárquicos da empresa.

Formado por funcionários voluntários que se reúnem em fóruns e encontros recorrentes para compartilhar informações, conhecimento ou para definir as ações que podem ser realizadas, o EcoEssence já superou a sua meta de participantes.

“O Brasil é o segundo país a implementar essa iniciativa na Ecolab e já vem superando as expectativas. Temos mais de 80 membros e cerca de 350 pessoas participando da iniciativa no País. Os números mostram a importância desse tipo de representatividade dentro das empresas, visto que a população brasileira é a segunda com mais pessoas negras depois da África, com 56% da população declaradas pretas”, esclarece Cristiane Francisco, gerente do Laboratório de Análise e Microbiologia da Ecolab e líder do EcoEssence do Brasil.

As ações para implementação do EcoEssence estão sendo desenvolvidas de forma colaborativa e são abertas a participação de todos os funcionários. “Começamos a iniciativa em maio deste ano e estabelecemos metas de ampliação. Entre elas, por exemplo, vamos aumentar em 30% a presença de profissionais negros em posições de gestão de pessoas até 2030. E vamos fazer isso atraindo ainda mais talentos e ampliando o desenvolvimento dos nossos funcionários negros, além de engajar todas as lideranças sobre o tema”, complementa Cristiane.

Ainda para em 2021, o EcoEssence vai trazer o tema internamente em rodas de conversa entre líderes e liderados, além de elaborar práticas de incentivo e retenção de profissionais negros. Outro importante passo da iniciativa, para desenvolver práticas ainda mais inclusivas, foi a adesão da Ecolab à Coalizão Empresarial sobre Equidade de Gênero e Raça, do Instituto Ethos. A multinacional, juntamente com outras empresas que atuam no Brasil, passou a fazer parte da iniciativa que busca impulsionar a promoção da diversidade e da igualdade racial e de gênero no mercado de trabalho. A Coalizão Empresarial sobre Equidade de Gênero e Raça é apoiada pelo programa Fundo Newton, oferecido pelo governo do Reino Unido e pelo Conselho Britânico.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.