Comunicação será chave nas novas regras de proteção de dados no Brasil
10 de fevereiro de 2020
  • English

Lei geral de proteção de dados (LGPD) entra em vigor a partir de agosto de 2020

Evento reuniu empresas associadas para discutir o impacto da nova Lei Geral de Proteção de Dados nos negócios e na comunicação das empresas

Visando preparar os profissionais da comunicação corporativa sobre as novas regulamentações na proteção de dados, a Aberje e a associada I’MAX realizaram o encontro “LGPD Descomplicada – A proteção de dados na comunicação corporativa”. O evento foi realizado no dia 06 de fevereiro, em São Paulo, na sede da Aberje. A participação foi gratuita, com prioridade para os associados, que lotaram o auditório. Aos que não puderam participar, será disponibilizado o vídeo das apresentações pela I’MAX.

Na abertura do evento, o diretor geral da Aberje, Hamilton dos Santos, apresentou o #EthicsMonth, campanha de valorização da ética promovida pela Global Alliance for PR and Communications Management, da qual a Aberje participa. Na sequência, a CEO da I’MAX e especialista em tecnologia, Fernanda Lara falou sobre como a nova lei deve mudar a forma das empresas lidarem com os dados dos consumidores. “Hoje, os dados são insumo de riqueza. Então, a LGPD vem para atender uma demanda do desenvolvimento econômico”, explica a executiva.

Após a apresentação, foi realizada uma mesa de debates com a participação da plateia. A mesa foi composta por Fernanda Lara; Paulo Marcos Rodrigues Brancher, sócio do Mattos Filho Advogados; do Matheus Cangussu, coordenador jurídico do time de Privacidade, Pagamentos, Seguranca e Parcerias da 99;Alessandra Ber, Gerente Executiva de Comunicação Corporativa, Sustentabilidade e Diversidade da Via Varejo. O debate foi mediado por Ricardo Fotios, gerente geral de Conteúdo do UOL e professor de comunicação da ESPM.

A norma padroniza as garantias individuais de privacidade do usuário, pautadas em técnicas de processamento de dados e de segurança. Pesquisa feita pela Serasa Experian aponta que 85% das empresas ainda não estão preparadas para atender a LGPD que começa a valer a partir de agosto deste ano. A fiscalização do cumprimento da legislação ficará a cargo da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD).

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *