CCR Metrô Bahia e CVV realizam Campanha de Valorização à Vida
20 de maio de 2019
  • English

Uma parceria entre a CCR Metrô Bahia, associado da Aberje, e o Centro de Valorização da Vida (CVV) de Salvador vai oferecer atendimento em algumas estações de metrô durante a Semana de Valorização da Vida. A ação vai prestar apoio emocional através da Escuta Fraterna e também com o Painel dos Sentimentos, onde os clientes poderão deixar recados expressando os seus sentimentos. Os atendimentos serão feitos por voluntários identificados com camisetas do CVV, que estarão à disposição para conversar de forma anônima, sigilosa e sem julgamentos.

Nesta segunda-feira (20), os atendimentos serão feitos na Estação Mussurunga; na terça (21), na Estação Rodoviária; na quarta (22), em Lapa e na sexta-feira (24), em Acesso Norte. Os plantões acontecerão sempre das 7h às 9h30 e das 16h30 às 19h, exceto Lapa, onde o atendimento acontecerá apenas no turno da manhã. No Dia do Abraço, lembrado no próximo dia 22, a Semana de Valorização da Vida vai contar com uma ação especial. Os voluntários irão distribuir abraços no Terminal de Ônibus Acesso Norte e na Praça de Campo da Pólvora, durante todo o dia.

 

 

A campanha de valorização à vida visa sensibilizar e conscientizar a população sobre o suicídio, um grave problema de saúde pública. “Se cada um de nossos clientes forem impactados com essa ação, conseguiremos atingir um número ainda maior de pessoas. O nosso objetivo é unir forças e fazer a diferença na vida de alguém que tanto precisa”, destaca o Gestor de Atendimento e Operação da CCR Metrô Bahia, Hamilton Trindade. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos uma pessoa morre no mundo. No Brasil, o problema vitimiza uma pessoa a cada 45 minutos. Ainda segundo a OMS, de cada 10 mortes, 9 podiam ser evitadas. “Trabalhamos com o propósito de valorizar e salvar vidas. Levar o nosso serviço para o metrô é uma forma de ajudar um número maior de pessoas e até formar multiplicadores da informação”, destaca a coordenadora do CVV, Josiana Rocha.

O CVV — Centro de Valorização da Vida foi fundado no ano de 1962, em São Paulo, e é uma associação civil sem fins lucrativos, filantrópica, reconhecida como de Utilidade Pública Federal, desde 1973. A entidade presta serviço voluntário e gratuito de apoio emocional e prevenção do suicídio para todas as pessoas que querem e precisam conversar, em total sigilo e anonimato. Além dos plantões presenciais que acontecem em toda a cidade, os atendimentos são feitos pela Central Nacional, no número 188.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.