A.C.Camargo Cancer Center reforça a importância da prevenção e do acesso à informação para o combate ao câncer
18 de abril de 2018
  • English

Um relatório da Sociedade Americana de Câncer confirmou no início de janeiro que continuam em queda as mortes por câncer nos Estados Unidos: 26% quando comparados os números de 1991 (215 para cada 100 mil pessoas) e 2015 (158 por 100 mil), resultado das ações de prevenção e diagnóstico precoce que fizeram inverter a partir daquele ano (1991) a curva de crescimento de mortes dos norte-americanos atingidos pela doença. O dado representa, segundo cálculos da instituição, cerca de 2,4 milhões de vidas salvas neste período. A queda, contínua nestes 25 anos, está fortemente associada à redução do tabagismo e à melhora nas tecnologias de tratamento da doença, do diagnóstico ao uso de medicamentos mais eficazes.

 

accamargo-topo

 

Por outro lado, no resto do mundo a Organização Mundial da Saúde informa que mais de 14 milhões de pessoas desenvolvem câncer todos os anos e esse número pode ultrapassar 21 milhões de pessoas em 2030.  Atualmente, diz a OMS, 8,8 milhões de pessoas morrem de câncer, a maioria em países de baixa e média renda. Entre eles, o Brasil, que assiste os números da doença em expansão – hoje, cerca de 600 mil brasileiros recebem o diagnóstico da doença a cada ano. “Esta realidade só irá melhorar com uma mudança importante nos hábitos da população, entre eles prevenção, cuidado maior com o diagnóstico precoce e acesso a informações corretas que envolvem o câncer”, afirma o cirurgião oncológico Dr. Thiago Chulam, Líder do Departamento de Medicina Preventiva do A.C.Camargo Cancer Center, associado da Aberje. “Há estudos que mostram que o câncer pode ser evitado através de dieta, atividades físicas e manutenção de peso corporal saudável. Seria cerca de 32% de casos a menos para o Reino Unido, 25% para o Brasil e 24% para a China”. O médico também reforça os males do consumo do tabaco, das bebidas alcoólicas, da exposição prolongada ao sol e ao vírus HPV.

De acordo com ele, o consumo de tabaco é uma das grandes causas de mortes por câncer em todo o mundo, atingindo 22%. As substâncias do cigarro estão associadas ao risco aumentado não só do câncer de pulmão, mas também dos cânceres de boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, bexiga, rim, colo do útero, estômago e leucemia mielóide aguda (LMA). Já as bebidas alcoólicas estão ligadas ao aumento no risco de sete tipos de câncer: boca, faringe, laringe, esôfago, fígado, mama e pâncreas.  O câncer de pele tem forte associação com a exposição solar e, entre os diversos tipos, estão o melanoma que, embora seja menos comum, é o de maior mortalidade. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima cerca de 6 mil novos casos de melanoma por ano no Brasil. Para prevenir a doença recomenda-se o uso de protetor solar, com no mínimo fator 30, diariamente, e evitar a exposição solar prolongada entre 10h e 17h.

A vacinação também é outro elemento importante no combate ao câncer. No caso do HPV, o Papiloma Vírus Humano, o alerta é referente ao aumento de incidência de câncer de colo de útero e de garganta entre jovens. Além da vacinação contra o vírus, eles ainda precisam adotar as medidas preventivas como sexo seguro, ou seja, o uso de preservativo. Pesquisa do Ministério da Saúde indicou que 54,6% dos brasileiros entre 16 e 25 anos estão infectados com o HPV. Estudo publicado pelo A.C.Camargo Cancer Center mostra que um em cada três tumores de boca em adultos jovens tem associação direta com o HPV chegando a 80% nos casos de câncer de amígdala (www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21618514). Outra vacina de extrema importância na prevenção do câncer é contra a hepatite B, já que a doença aumenta as chances de desenvolvimento de câncer no fígado.

 

DICAS – Quando detectado precocemente, o câncer pode ter 90% de chances de sucesso no tratamento. O câncer pode surgir por herança familiar, é verdade, mas a grande maioria dos casos vem mesmo de fatores externos: quase sempre de hábitos de vida, como fumar, se alimentar mal, abusar do sol, não fazer exercícios, ter contato com substâncias químicas. Ou então de fatores ambientais. Por isso é tão importante evitar os fatores de risco: além de uma vida com mais saúde e disposição, as chances de ter câncer diminuem consideravelmente.

 

Números* do câncer no Brasil

No Brasil, são 600 mil novos casos de câncer por ano.

  • Cerca de 5% a 10% deles são hereditários.
  • 50% dos tumores podem ser evitados com medidas simples
  • O câncer de pele é o que mais acomete a população brasileira: são estimados 170 mil novos casos em 2018.
  • 410 homens devem ter câncer neste ano, e com exceção de pele não melanoma os tumores mais comuns são os de próstata (68 mil previstos), pulmão e intestino.
  • 890 é o número previsto de mulheres com câncer, e com exceção de pele não melanoma os tumores mais frequentes são os de mama (60 mil previstos), intestino, colo do útero e pulmão.

*fonte: INCA

 

 

Quais são os tipos de câncer preveníveis?

Você já sabe, mas não custa repetir: boa alimentação/ exercícios/ exames de controle/ proteção contra o sol/ nada de cigarros são hábitos fundamentais para toda a vida. Seguindo esse roteiro, já é possível se prevenir de tumores como pele, pulmão, esôfago, estômago, boca, intestino. Todos eles são diretamente afetados por hábitos como comer embutidos, beber álcool, fumar.

Comer bem e em cores, alimentos como fibras, proteínas, carboidratos moderados, nada de abusos de carne vermelha, ajuda a prevenir todos os tipos de câncer. Comida caseira: poucos produtos industrializados, comidinha caseira, saborosa. Muita água, sempre. Sal e açúcar moderados.

Alguns tumores também são facilmente rastreáveis e controlados com exames de prevenção. Como o de mama (mamografia anual para quem tem 50 anos ou mais), o de colo do útero (Papanicolau tem de fazer parte da sua rotina assim que você começa a vida sexual), o de intestino (fazer o exame de sangue oculto nas fezes e, se for o caso, a colonoscopia a partir dos 50) e, para os homens, o de próstata (o exame de toque retal, a partir dos 45/50 anos).

 

 

Visite o nosso site: http://www.accamargo.org.br e acompanhe o A.C.Camargo nas mídias sociais:

Facebook: https://www.facebook.com/accamargocancercenter

Twitter: https://twitter.com/haccamargo

Google+: https://plus.google.com/116795949778584833222/about

Instagram: https://instagram.com/accamargocancercenter

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.