Artigo sancionado por Bolsonaro é de lei contra ‘stalking’, não contra a ação de governadores
23 de abril de 2021
  • English

“Prender trabalhador agora é crime. Bolsonaro sanciona lei que permite processar criminalmente governadores e prefeitos tiranos”, garantem publicações amplamente compartilhadas em redes sociais desde o início de abril. As postagens se baseiam em um artigo que realmente foi sancionado, mas em uma lei contra a prática de ‘stalking’ – contatos forçados entre um agressor e a vítima – e não sobre a ação de autoridades para garantir o cumprimento das medidas de combate à covid-19.

Leia aqui matéria completa feita pela Agência de Notícias AFP, parceira da Aberje

 

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.