Arcos Dorados amplia iniciativas voltadas a pessoas com deficiência
06 de dezembro de 2021
  • English

  • Franquia do McDonald’s realiza ação para marcar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência e implementa avanços em treinamentos para pessoas surdas.
  • Atualmente, a rede conta com 200 vagas de emprego para pessoas com diversos tipos de deficiência em todo o Brasil.
Bruna Vinho e José Fernando de Souza Puglish, Embaixadores da Experiência do McDonald’s em evento especial para celebrar a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Neste dia 3 de dezembro, quando é celebrado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, o restaurante McDonald’s localizado no Mooca Plaza Shopping, em São Paulo (SP), será operado por um time composto totalmente por funcionários com algum tipo de deficiência, de Atendentes a Gerentes. A ação é uma forma de reconhecer esses profissionais e reforçar que todas as pessoas podem alcançar seu máximo potencial quando estão em um ambiente seguro e respeitoso. Essa é uma das iniciativas do Comitê de Diversidade e Inclusão da Arcos Dorados, franquia responsável pela operação da rede na América Latina e Caribe, que mantém um olhar atento e individualizado para este grupo e, atualmente, conta com cerca de 1.500 colaboradores com diversos tipos e graus de deficiência por todo o Brasil.

A companhia conta com o programa Inclusão Além da Cota, que busca criar posições de trabalho e ampliar as oportunidades de desenvolvimento para pessoas com deficiência, além de contemplar uma série de ações afirmativas para ampliar a experiência desses profissionais na empresa. O calendário anual do programa conta com uma série de ações, como workshops de sensibilização, webinars e formação contínua de gestores, entre outras. Recentemente, essa iniciativa foi contemplada com o Selo Municipal de Direitos Humanos e Diversidade, concedido pela Prefeitura de São Paulo.

Entre os avanços conquistados em 2021, a rede passou a contar com intérpretes de libras em todos os cursos, treinamentos e reuniões que tenham pessoas surdas entre os participantes e todos os materiais de treinamento audiovisual e comunicação interna passaram a trazer a tradução em libras, incluindo planos de desenvolvimento para que pessoas surdas possam avançar em suas carreiras.

A Arcos Dorados acredita que, além de incluir, é preciso oferecer oportunidades para o crescimento profissional desses colaboradores. Nos últimos dois anos, mais de 4 mil horas de capacitação teórica foram ministradas pela universidade corporativa da rede, Hamburger University, para pessoas com deficiência. Como resultado desses esforços, apenas este ano, cinco oportunidades de promoções para cargos em liderança nos restaurantes da rede foram conquistadas por funcionários com deficiência.

Uma delas por Irene Barbosa, de 29 anos de idade, que possui uma deficiência física e começou a trabalhar na rede há cerca de seis anos, como Atendente. Com muita determinação, foi promovida a Treinadora em apenas um ano e, recentemente, conquistou a vaga de Supervisora de Área. “Eu aprendo todos os dias exercendo meu trabalho. Aqui, eu faço coisas que imaginava que não era capaz, mas o McDonald’s me mostrou que sou”, conta Irene. “Acho muito importante ver que a empresa dá essas oportunidades, não só pra mim, mas conheço diversos funcionários com outras deficiências. Tenho muita gratidão e pretendo chegar bem mais longe”, completa.

Fábio Sant’Anna, Diretor de Gente, Diversidade e Inclusão, comenta que a consistência desse trabalho é o que faz da Arcos Dorados um bom lugar para esses funcionários. “Quando cheguei no time, passei semanas em treinamento nos restaurantes e pude testemunhar na prática como a inclusão é importante. Ter profissionais com deficiência nos times não só traz benefícios para eles, mas também humaniza a empresa e cria uma cultura de pertencimento ainda mais forte em todos os funcionários”, comenta o executivo.

A história de José Fernando de Souza Puglish, 50 anos, é um bom exemplo do quanto a oportunidade de inclusão transforma a vida desses profissionais. Fernando, como gosta de ser chamado, tem Síndrome de Down e começou a trabalhar no McDonald’s há 14 anos. Após algum tempo, ele conseguiu uma outra oportunidade de emprego, mas ao se encontrar com o seu antigo gestor, quis voltar a trabalhar no restaurante. “Eu estou muito feliz e amo o Méqui. Todos são muito simpáticos e me ajudam. E eu ajudo todos também”, conta Fernando. Agora na posição de Embaixador da Experiência do Cliente, suas responsabilidades aumentaram e ele atua no contato com os clientes no pós-venda. “É muito bacana poder falar com eles. Pergunto se está tudo certo com a experiência deles, se precisam de alguma coisa, se querem uma Casquinha”, completa Fernando ao comentar sobre seu trabalho.

 

Parceria com Apae Brasil

Para ampliar sua atuação, recentemente, a Arcos Dorados assinou uma parceria com a Apae Brasil (Fenapaes) que vai gerar 120 oportunidades de emprego para pessoas com deficiência em restaurantes da rede de diversas cidades brasileiras. O acordo de colaboração também prevê a capacitação e acompanhamento contínuos desses funcionários por meio da metodologia Emprego Apoiado, além da realização de treinamentos para os demais colaboradores, para que possam contribuir com a promoção de um ambiente de trabalho mais inclusivo.

 

Vagas

O McDonald’s conta, atualmente, com 200 vagas abertas em seus restaurantes em todo o Brasil. As pessoas com deficiência recebem um olhar individualizado durante todo o processo seletivo. A companhia conta com uma equipe de profissionais dedicados à captação, contratação e acompanhamento de pessoas com deficiência, que contempla gestores de inclusão, médicos do trabalho, enfermeiros e gerentes selecionadores. Atualmente, a rede emprega pessoas com deficiência física, auditiva, visual, mental e intelectual. Os interessados podem se inscrever por meio do link. Por sua atuação pela inclusão de pesso as com deficiência no mercado de trabalho, a Arcos Dorados já recebeu o Prêmio Reconhecimento Global – Boas Práticas de Empregabilidade para Trabalhadores com Deficiência, concedido pela ONU.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.