Alubar, líder em fabricação de cabos elétricos de alumínio, agora faz parte da Aberje
01 de março de 2021
  • English

A Alubar é uma das maiores do continente na produção de vergalhões de ligas de alumínio e produtora de condutores de cobre. E passa agora a integrar a rede da Aberje.

Tem três unidades fabris – sendo a primeira em Barcarena/PA, a mais antiga e maior tanto em área quanto em capacidade produtiva. Em 2019, iniciou operações da Alubar Metaux, localizada em Bacancour/Canadá e a Alubar Montenegro, no Rio Grande do Sul. Além destas unidades, possui escritórios em Belém (PA), São Paulo (SP), Fortaleza (CE) e Miami (USA). Ao todo, a Alubar tem mais de 1000 de colaboradores em todas as unidades e escritórios.

COMUNICAÇÃO – A equipe de comunicação da Alubar é composta por um jornalista, uma publicitária, uma relações públicas e uma assistente administrativa. “Nosso trabalho é desenvolvido para atender todas as unidades operacionais e escritórios do Grupo Alubar. Trabalhamos com todo o mix da comunicação empresarial (comunicação interna, assessoria de imprensa, redes sociais, eventos, campanhas, feiras/exposições, patrocínios, criação de material promocional e institucional) e ainda damos apoio direto para os projetos sociais da empresa”, explica Mônica Alvarez, Gerente de Comunicação.

Em 2021, os principais desafios são desenvolver os líderes para assumirem, cada vez mais, suas competências de comunicação junto a suas equipes de trabalho, tornando-os o primeiro e principal canal de comunicação da empresa, e expandir a comunicação de forma mais eficaz para as novas unidades operacionais da empresa.

E isso sem esquecer os esforços e sinergias conquistados até então: “a comunicação corporativa reforçou sua missão de informar, educar e engajar os públicos de acordo com os acontecimentos e efeitos da pandemia. Em muitos casos, a comunicação foi essencial para adaptar-se e superar a crise provocada. No caso da Alubar, a responsabilidade da comunicação, em conjunto com outras áreas como de Gestão de Pessoas, Segurança e Medicina do Trabalho e os líderes e gestores da empresa, foi de preservar a saúde mental de todos e mostrar porque a nossa empresa é essencial para a sociedade. Todo esse processo gerou orgulho e, mesmo em um ano difícil para todo o mundo, conseguimos dar suporte para todos e cumprir as metas de produção das nossas unidades operacionais”, resume Mônica.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.