Aberje promove a internacionalização da comunicação empresarial brasileira
21 de março de 2016
  • English

Criado em um momento de grande crescimento da economia brasileira, o Brazilian Corporate Communications Day surgiu como uma alternativa para preencher a lacuna que caracterizava as relações públicas e a comunicação corporativa brasileira no contexto internacional. Mesmo com a expansão da economia no Brasil, junto com a acolhida a grandes eventos esportivos, que lhe geraram uma forte exposição, a comunicação foi ficando para trás. Nesse contexto nasce, em 2011, esse grande evento, para dar mais visibilidade aos profissionais, às instituições, aos pesquisadores e às organizações da área de comunicação corporativa.

Mais 40 organizações, como a Bayer, a BRF, CDN, Embraer, Iveco e a GE, já apresentaram seus cases e estratégias de sucesso nas edições do evento. “O Brazilian Corporate Communication Day é uma oportunidade única para os profissionais nativos apresentarem seus cases e trocar experiências com os profissionais de outros países. Também estive com o time brasileiro em Londres, em 2011, e trouxe de lá a certeza de que nos colocamos, como categoria, junto ao primeiríssimo nível mundial do setor”, disse Marco Piquini, sócio-proprietário da Piquini Comunicação Estratégica, em 2012, quando ocupava o cargo de diretor de Comunicação América Latina na Iveco. Além dessa troca de conhecimentos, o evento também trouxe um legado para a comunicação corporativa brasileira, já que desde 2012 dois profissionais de comunicação brasileiros passaram a integrar o The Influence 100 – ranking anual do Holmes Report que lista os mais influentes comunicadores corporativos do mundo. No ranking de 2015 estão presentes Eraldo Carneiro (Petrobras), Paulo Henrique Soares (Vale).

O Brazilian Corporate Communication Day passou por cidades na América do Norte, América Latina e Europa, durante suas 16 edições. Ao todo, 1600 pessoas já participaram do evento, incluindo diretores de Comunicação Corporativa de empresas e instituições, executivos de agências de Comunicação e Relações Públicas, representantes de entidades da área de comunicação, jornalistas de veículos especializados, pesquisadores das principais universidades internacionais e representantes governamentais, como os embaixadores do Peru, Antonino Lisboa Mena Gonçalves, da Colômbia, Carlos Alfredo Lazary, e da França, José Maurício Bustani. 

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.