A passagem de poeira não significa que as máscaras cirúrgicas são ineficazes contra o novo coronavírus
31 de julho de 2020
  • English

Publicações compartilhadas centenas de vezes em redes sociais desde o final deste mês de julho sugerem que a máscara cirúrgica não é eficaz contra o novo coronavírus porque ela deixaria passar, por exemplo, partículas de poeira maiores. A alegação é falsa. Múltiplos especialistas explicaram à AFP que a máscara não precisa ser 100% hermética para ajudar a reduzir a propagação do vírus que provoca a COVID-19 e que ela é capaz de frear a transmissão filtrando as gotículas respiratórias.

Leia mais aqui

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *