A exclusão da biometria nas eleições municipais se deu também para evitar aglomerações
09 de outubro de 2020
  • English

Publicações compartilhadas mais de 3,6 mil vezes nas redes sociais desde o final de julho deste ano afirmam que o Tribunal Superior Eleitoral decidiu não empregar a identificação biométrica nas eleições municipais de novembro para “não usar o dedo” devido à covid-19, ironizando o fato de, nas urnas eletrônicas, ser necessário pressionar os botões. O protocolo sanitário elaborado pelo TSE explica, contudo, que a exclusão da biometria ocorreu para evitar aglomeração e formação de filas, além de reduzir as superfícies de contato com objetos.

Leia aqui matéria completa feita pela Agência de Notícias AFP, parceira da Aberje

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *