07 de outubro de 2022

LLYC Brasil se torna signatária do Pacto Global da ONU

Operação brasileira da consultoria adere ao Pacto Global das Nações Unidas com o objetivo de avançar em melhores práticas sociais, ambientais e de governança (ESG) reforçando seu compromisso em impulsionar a economia sustentável e inclusiva

A operação da LLYC Brasil acaba de se tornar signatária do Pacto Global. A consultoria de comunicação, marketing digital e assuntos públicos – que vem apresentando um crescimento recorde no mercado brasileiro, no atendimento estratégico a clientes de diversos segmentos – deu mais um passo em seu compromisso global de gerar negócios que impulsionem a economia sustentável e inclusiva. Com o lançamento da especialidade em ESG, em janeiro deste ano, sob direção da jornalista Anatricia Borges, que atua há mais de 20 anos em Comunicação de Sustentabilidade, a companhia aderiu ao Pacto Global, reforçando seu compromisso em Direitos Humanos, Trabalho, Meio Ambiente e Anticorrupção e no desenvolvimento de ações que colaborem para o enfrentamento dos inúmeros desafios da sociedade.

“É mais um passo importante da LLYC no Brasil. Embora sejamos uma das únicas empresas de nosso segmento a ter uma Fundação que atua no desenvolvimento de projetos pro-bono com OSCs, baseados nos princípios do Pacto Global, essa adesão ao pacto reforça agora, publicamente, o compromisso da LLYC com a sociedade e, em especial, com toda nossa cadeia de valor, rumo ao capitalismo consciente. E vamos avançar muito mais em nossos compromissos,, porque nossa oferta de serviços em ESG vai além do negócio, tem como propósito gerar conhecimento e contribuir com a sociedade em questões primordiais, quanto às de Direitos Humanos, Mudanças Climáticas, Anticorrupção, etc “, diz Anatricia Borges.

A LLYC se junta à rede de mais de 1.500 empresas signatárias do Pacto Global no Brasil. Para Thyago Mathias, diretor-geral da LLYC Brasil, somente através de uma comunicação transparente, autêntica, Íntegra e afetiva que reporte às práticas das organizações, é possível avançar rumo ao capitalismo consciente, pois já é claro hoje que não é viável ter negócios sustentáveis sem sociedades sustentáveis. “Há uma Agenda em evolução e é muito importante que todos façamos nossa parte para o alcance das metas dos ODS e da Agenda 2030, da ONU. Nossa adesão ao Pacto Global é um importante compromisso público da LLYC Brasil para que demonstremos que estamos alinhados e queremos contribuir, com nossas práticas e conhecimento, para um mundo mais sustentável e ético “, complementa Thyago Mathias.

“Acabamos de divulgar o estudo inédito Dissonâncias do ESG com a Sociedade Civil, em parceria com a Aberje, que teve grande repercussão na mídia e entre nossos clientes, e mostra que ainda existem muitos desafios às empresas, organizações e governos, na evolução de sua gestão sustentável. Foi um estudo que envolveu horas dedicadas de profissionais da LLYC para gerar conhecimento e ajudar a reorientar as companhias, tanto na gestão quanto na sua forma de comunicar ESG, levantando questões relacionadas aos dez princípios do Pacto Global. Não há mais dúvidas de que as práticas ESG já são um valor ponderado e medido por consumidores, investidores, colaboradores em busca de um capitalismo consciente e responsável. E, se depender da LLYC, vamos avançar na construção deste conhecimento, para a sensibilização de nossa cadeia de valor para a adesão e impulsionamento de práticas alinhadas ao Pacto Global”, finaliza Anatricia Borges, diretora de ESG da LLYC.

  • COMPARTILHAR:

COMENTÁRIOS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *