O papel da comunicação na transformação cultural
28 de setembro de 2020
  • English

Transformação cultural é um dos temas em alta nas grandes empresas. O mundo está em constante evolução e em uma velocidade cada vez mais acelerada, muitas impulsionadas pela tecnologia. Para se manterem competitivas, é necessário que as empresas sempre acompanhem as grandes mudanças e estejam abertas a inovação.

Quando falamos de inovar, estamos falando da maneira que fazemos para chegar nesses resultados, o que vai além de processos e produtos. O que as vezes é óbvio e simples para empresas mais jovens ou startups, pode ser um desafio e tanto quando falamos de grandes corporações consolidadas.

Falar de transformar cultural é falar de pessoas. Toda cultura é feita pelas pessoas, seja na empresa ou na sociedade. E no caso das companhias, pessoas é o ativo mais valioso que existe. Mudar a cultura de uma empresa nunca é simples, mas quando alinhada ao plano de negócios e à alta liderança, flui mais fácil. Inclusive, quando o tema fica apenas restrito a uma área, a tendência é demorar mais e que a evolução efetivamente seja pouca. Na Intel, nosso novo CEO abraçou o desafio de mudar a execução e transformar nossa cultura. O que acreditamos que é importante para levar a Intel a um novo momento da companhia mantendo nosso DNA de inovação.

Aqui, o papel da Comunicação tem sido fundamental para chegarmos lá. Não existem fórmulas mágicas, mas compartilho passo a passo que nos ajudou a evoluir.

  • Narrativa corporativa – Criar e difundir a história da empresa é imprenscidível. A narrativa mantém uma única voz para os diversos stakeholders, internos e externos, do ecossistema. E também cria conexão emocional e mais humanizada. Por isso, o primeiro passo e um dos mais importantes, é ter o time de Comunicação liderando esse processo: criando storytelling, ajustando missão, visão e valores e divulgando internamente da maneira correta para atingir todos os públicos.
  • Identidade corporativa & Símbolos – vai além do logo ou visual. Uma transformação cultural precisa estabelecer em muitos casos nova identidade e com isso ajustar e adaptar os símbolos da empresa. É um aspecto fundamental para empresas pois é relevante na relação com colaboradores e demais públicos externos. Aqui é o momento de representar os valores da empresa e posicionamento. Se a narrativa é fundamental para contar a história da empresa, a identidade é a maneira que enxergamos ela. O papel da Comunicação continua fundamental na criação e disseminação deles!
  • Divulgação – Quando falamos de divulgação, é comum nosso pensamento ir direto para os públicos externos. Mas é importante que a primeira divulgação seja feita internamente: afinal, a cultura é feita pelos e para os colaboradores. Aqui, retorna a importância da alta liderança ser o principal apoiador e incentivador. A Comunicação volta ao destaque: passar a mensagem correta aos colaboradores é fundamental. Depois, é necessário começar a comunicação e divulgação com públicos externos, consolidando assim a nova cultura.

Mudar é um desafio, mas é o que nos impulsiona cada dia mais para buscar o novo e cumprir um dos principais objetivos da Intel que é endereçar os grandes problemas do mundo. Em meio à pandemia que vivemos, adaptar virou palavra de ordem difundida extensivamente.

 

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin