Como Vender Comunicação Corporativa
28 de maio de 2021
  • English

Publicado originalmente no LinkedIn em 10 de maio de 2021

A Comunicação é relevante e fundamental tanto na construção e defesa de uma marca, quanto no ambiente interno de uma empresa. Mas o que afinal muitos de nós fazemos que nos torna menos importantes e nos tira da mesa da diretoria ou da agenda principal de uma organização? Na minha visão, há três formas de nos mantermos relevantes:

A primeira é óbvia, frasezinha marcada, mas que explico como colocar em prática:

Comunicação Corporativa deve ser Alinhada ao Negócio.

Na prática, se você está em uma área de comunicação (dentro da empresa ou na agência), você precisa saber quais são as prioridades de negócios, vendas no curto prazo, estratégia no médio prazo e longo prazos. Se você faz isso, é meio caminho andado. Atenção: não é suficiente ler ou assistir a uma palestra no começo do ano. Se mantenha atualizado, pergunte o que está acontecendo, se interesse pelas diferentes áreas, ouça as dores. E seja criativo para encontrar saídas. Desta forma, você vai construir um trabalho que será – e parecerá – relevante. Mostre como pequenos projetos de comunicação, que podem passar por uma entrevista para o jornalista certo no veículo certo, podem fazer a diferença. Não fique o tempo todo só executando, interagindo com sua equipe. Não se isole, se misture.

A segunda dica, que você só consegue fazer se tiver em dia com a primeira:

Venda Comunicação: A Venda de projetos internos é nosso maior exercício de relevância.

Se você está totalmente ligado ao negócio, presente e trazendo ideias mesmo quando não te perguntaram, em reuniões de diretoria, você começa a mostrar a relevância. Entenda uma coisa: ninguém é obrigado a entender, gostar ou acreditar em comunicação. A tua função é trazer conhecimento, é mostrar continuamente porque é importante e de que forma podemos ajudar. Como área de suporte, podemos chegar muito perto do protagonismo, vendendo nossas ideias. Não “sente em cima” de um orçamento reduzido. Se você tiver boas ideias, que apoiem diretamente o core da empresa, as áreas vão investir em você, o quanto puderem.

E por fim o terceiro ponto, tão importante quanto os outros dois: Reporte, Ouça; Reporte, Ouça.

Isto significa prestar contas o tempo inteiro. Mostre resultados não só para seus gestores diretos, mas também para outros executivos de negócios e áreas de suporte. A comunicação é área de suporte e sim, deve satisfações aos executivos de negócios e a todas as outras áreas de suporte: Finanças, Marketing, Recursos Humanos, Jurídico. Utilizamos o recurso da empresa e mesmo sendo os especialistas na área precisamos explicar o que fazemos, educar e ouvir feedbacks. Ouvir é valioso para nosso trabalho. E quando digo ouvir, é ouvir de coração aberto um feedback de alguém que está trabalhando com comunicação pela primeira vez e que, sim, tem um feedback importante. Talvez justamente por isso, porque não tenha base de comparação, te traga para um olhar ainda mais voltado ao negócio. Ouvir genuinamente te faz crescer e ser ainda mais relevante. Ouça de quem tem experiência e também de quem não tem experiência.

Ouça, reporte, seja criativo, cole no negócio. Aí está o segredo de uma área de comunicação de valor. Não está no tamanho do seu budget.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin