12 de agosto de 2021

Cinthia Battilani, ex-Nike, assume a liderança do jurídico da unico

A profissional chega com o desafio de estruturar a área na nova fase da startup

A unico, IDTech brasileira de soluções de proteção de identidade digital, anuncia a contratação de Cinthia Battilani. A diretora executiva, ex-Nike, chega para comandar o setor jurídico da mais nova unicórnio. A profissional possui mais de 20 anos de experiência no mercado e participou do processo de venda da operação comercial da Nike ao Grupo SBF, controlador da rede Centauro, em dezembro de 2020.

Na unico, Cinthia terá a missão de liderar a equipe jurídica com base em quatro pilares: privacidade (aumentando a excelência de condução de projetos e entregas da unico, dentro dos compromissos com a segurança e privacidade para a escalabilidade dos produtos e do negócio); transacional (proporcionando mais automatização e velocidade para a área); governança corporativa (para atender a demanda de projetos de M&A, IPO, interação com os fundos e relação com os investidores) e compliance (auxiliando na gestão interna e externa).

A nova colaboradora integra a unico em um momento importante para a companhia: recentemente, anunciou a aquisição da CredDefense, complementando as áreas de tecnologia e desenvolvimento da biometria facial, e recebeu terceiro aporte de sua história – R﹩ 625 milhões investidos pelo General Atlantic e SoftBank Latin America Fund, 10 meses após os R﹩ 580 milhões recebidos pelos mesmos fundos em rodada Série B.

“Estar no setor de tecnologia, em uma startup de destaque no Brasil, é participar ativamente na construção da transformação cultural e digital do País. Principalmente durante a pandemia de COVID-19, que acelerou a inovação e o uso de tecnologias passou a ser essencial para empresas e pessoas. Estou animada em contribuir com a unico e continuar a construção da empresa de maneira sólida, otimizada e com muita excelência”, afirma a executiva, animada com os novos desafios.

Dessa maneira, Cinthia inicia uma nova jornada profissional junto ao time da IDTech que visa criar uma identidade digital global, para que, no futuro próximo, as calças não precisem mais de bolsos, pois as pessoas não terão mais documentos físicos, chaves, crachás, cartões e papéis. De acordo com Diego Martins, fundador e CEO da unico, os cidadãos serão os próprios devices, com uma infraestrutura de identificação da unico. “Compartilho desse sonho e tenho certeza de que a unico será uma das maiores empresas de tecnologia do Brasil e do mundo”, finaliza a diretora.

 

  • COMPARTILHAR:

COMENTÁRIOS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *