A CCJ aprovou apenas a admissibilidade da PEC sobre o voto impresso em 2019
16 de abril de 2021
  • English

Publicações que afirmam que o voto impresso foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados por 33 votos a 5 somam mais de 50,2 mil interações nas redes sociais desde o final de fevereiro de 2021. Mas essa alegação é enganosa. A decisão citada foi tomada em dezembro de 2019 e se referia apenas à admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do voto impresso, o que significa que ela ainda deverá ser analisada por uma comissão especial e votada em dois turnos pelo plenário da Câmara.

Leia aqui matéria completa feita pela Agência de Notícias AFP, parceira da Aberje

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.