Hipocrisia do impeachment 07 de setembro de 2016

As instituições disciplinares da nossa sociedade muito aquém de serem educativas, como definiu Foucault, “produziram uma maquinaria de controle que funciona como um microscópio do comportamento; as divisões tênues e analíticas por elas realizadas formaram, em torno dos homens, um aparelho de observação, de registro e de treinamento (doutrinação). Nessas máquinas de observar, subdividir olhares, estabelecer entre eles escalas, comunicações, fazer que de sua multiplicidade calculada, resulte um poder homogêneo e contínuo.”

Vejo nas redes, as discussões e os debates em torno da política governamental, impeachment, eleições. Na minha opinião, não passam de debates vazios e que nada ajudará nas resoluções das dificuldades da nossa nação. Os mandatários do poder sabem disso.


Bressan (2) 2

 

Sempre evito fazer comentários diretos a tais assuntos, pois não deixaria de ser hipocrisia e perda de tempo da minha parte, pois sei que nessa democracia de fachada, não chegaremos a lugar algum com tais discussões.

Concordo, com Richard Dawkins, quando diz que é fácil levantarmos julgamentos morais, sendo que em grande parte da vida, não julgamos nossos próprios comportamentos corruptíveis, antiéticos e imorais. Ele diz assim: “uma das razões para o grande apelo exercido pela teoria da seleção de grupo talvez seja o fato de ela se afinar completamente com os ideais morais e políticos partilhados pela maioria de nós. Como indivíduos ou organizações, não raro, nos comportamos de forma egoísta (identidade). Nos momentos idealistas reverenciamos e admiramos aqueles que colocam o bem-estardos outros em primeiro lugar (imagem).”

Bressan (2) 1

Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *