Uber utiliza aplicativo como canal de informação e apoia parceiros
24 de abril de 2020
  • English

Em março, a Uber – empresa associada da Aberje – anunciou um programa nacional de apoio aos mais de 1 milhão de parceiros com quem a empresa tem relação no Brasil. Os principais destaques foram justamente essa assistência financeira para qualquer motorista ou entregador parceiro que fosse diagnosticado com COVID-19 ou tivesse quarentena individual solicitada por uma autoridade de saúde ou por um médico pelo risco de disseminar COVID-19; os recursos oferecidos para ajudar motoristas e entregadores parceiros a manter seus veículos limpos, reembolsando despesas com álcool gel ou outro produto de limpeza; e uma parceria com o Vale Saúde Sempre.

Para ajudar a proteger entregadores parceiros, a Uber também enviou mensagens aos usuários do Uber Eats para a entrega de pedidos sem contato direto – o usuário pode deixar uma instrução no app para pedir ao entregador que deixe o pedido na porta. Além disso, pensando no bem-estar de todos, suspendemos temporariamente o Uber Juntos em todo o País, a fim de desestimular viagens compartilhadas.

A Uber também utilizou o aplicativo como canal de informação, lembrando a todos seus mais de 22 milhões de usuários, motoristas e entregadores parceiros de seguir as instruções das autoridades de saúde pública, como o Ministério da Saúde e da Secretaria da Saúde de São Paulo.

RESTAURANTES – A Uber também anunciou medidas para apoiar proprietários e operadores de restaurantes independentes. O aplicativo Uber Eats passou a dar mais visibilidade a restaurantes locais e oferecer aos usuários gratuidade na taxa de entrega para pedidos feitos em milhares de pequenos e médios restaurantes parceiros independentes do Brasil. Além disso, todos os restaurantes cadastrados na plataforma ficaram isentos da taxa de retirada quando os usuários fizerem um pedido pelo aplicativo e optarem por buscar a refeição pessoalmente.

O Uber Eats também é o único aplicativo a oferecer a esses restaurantes parceiros pequenos e independentes a opção de receber repasses diários, em vez de esperar até o final da semana, para ajudar na manutenção do fluxo de caixa.

A partir de abril, o aplicativo também passou a mostrar mais do que restaurantes: farmácias, lojas de conveniência e pet shops passam a fazer parte do catálogo de produtos disponibilizados por intermédio do Uber Eats, começando por São Paulo.

Também foi lançado no Brasil o programa Uber Eats para Empresas, que permite às empresas comprar refeições do Uber Eats para seus funcionários que estão trabalhando de casa ou que precisam trabalhar fora e estão encontrando menos opções de alimentação. A novidade também ajuda a ampliar o mercado dos restaurantes e entregadores parceiros do Uber Eats ao permitir que eles tenham acesso a um maior volume de pedidos.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.