Shell anuncia doação de R$ 300 mil para classe teatral brasileira publicado em: 10/08/2020

Em parceria com a Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro (APTR) e a Associação dos Produtores Teatrais Independentes (APTI), de São Paulo, a Shell Brasil vai doar um total de R$ 300 mil reais para a classe. As instituições serão responsáveis por distribuir o valor em forma de ajuda de segurança alimentar para os trabalhadores.

 

Para Eduardo Barata, presidente da APTR, a pandemia fez com que o setor teatral se unisse, e receber esse tipo de ajuda neste momento é importante para reforçar que os profissionais não estão sozinhos. “A Shell é uma empresa que se preocupa com o teatro brasileiro, que o reconhece como um segmento importante. Ficamos muito honrados com essa iniciativa, que nos dá visibilidade e mostra para o Brasil que o povo do teatro está forte e ajudando na construção de um país melhor”, afirma.

De acordo com Odilon Wagner, vice-presidente da APTI, cerca de 1.000 famílias paulistas serão impactadas positivamente com o apoio da Shell. “Essa doação é de uma importância gigante. O setor cultural não é percebido como um setor produtivo. Quando falamos em artista, as pessoas não idealizam a maioria da classe. A realidade da maior parte dos trabalhadores das artes cênicas é trabalhar para comer, e essa paralisação instantânea fez com que milhares de pessoas ficassem sem recurso nenhum”, explica.

A pandemia de Covid-19 impôs limitações ao calendário teatral brasileiro e impactou diretamente a categoria. Frente a este cenário e com o objetivo de manter o compromisso de mais de 30 anos com o teatro no país, a Shell Brasil decidiu converter os valores das premiações do Prêmio Shell de Teatro referente ao ano de 2020, que seriam entregues no primeiro trimestre do ano que vem, em doações, por acreditar que a segurança alimentar deve ser a prioridade máxima da classe neste momento.

Em abril, a empresa já havia tomado a decisão de realizar virtualmente a cerimônia do PST do Rio de Janeiro, para reduzir riscos potenciais, resultados do crescente número de casos do novo coronavírus. Agora, com a iniciativa junto à APTR e à APTI, a companhia busca dar continuidade e respeitar a tradição do prêmio.

Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *