JTI valoriza comunicação e torna-se associada da Aberje
11 de março de 2020
  • English

A Japan Tobacco International (JTI) é uma empresa internacional de tabaco e vaping, com operações em mais de 130 países. É proprietária global de Winston, segunda marca mais vendida do mundo, e de Camel fora dos EUA. Outras marcas globais incluem Mevius e LD.

Também um dos principais players no mercado internacional de vaping e tabaco aquecido com as marcas Logic e Ploom, tem sede em Genebra, na Suíça,e  emprega mais de 45 mil pessoas. A JTI é membro do Japan Tobacco Group of Companies e acaba de tornar-se associada da Aberje.

No Brasil, são mais de 1,2 mil colaboradores em 10 Estados além do Distrito Federal. A operação contempla a produção de tabaco – por meio de 11 mil produtores integrados no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná – compra, processamento e exportação de tabaco, fabricação, venda e distribuição de cigarros em 16 Estados do Brasil. As marcas comercializadas são Winston e Camel, essa última também exportada para a Bolívia.

A equipe de Comunicação integra a diretoria de Assuntos Corporativos e tem um papel estratégico ao gerenciar os processos de comunicação interna, assessoria de imprensa e comunicação institucional. O trabalho é integrado, visando manter os stakeholders internos e externos bem informados com o conteúdo relevante e na hora certa. Nas redes sociais, a equipe administra a página do ARISE no Brasil.

O programa Achieving Reduction of Child Labor In Support of Education (ARISE) nasceu em 2011 numa parceria global entre a Japan Tobacco International (JTI), Winrock International e, na época, a Organização Internacional do Trabalho (OIT). O objetivo é ajudar a prevenir e eliminar o trabalho infantil em comunidades produtoras de tabaco nos países em que a JTI desenvolve suas atividades de produção de tabaco, como Brasil, Maláui, Zâmbia e Tanzânia. Os pilares de atuação são educação, empreendedorismo e políticas públicas.

Para a Gerente de Comunicação Alessandra Potamianos, “aqui na JTI, acreditamos que a Comunicação tem um papel-chave para propagar nossas crenças junto aos públicos interno e externo. Com os colaboradores, nosso papel é fortalecer as estratégias de negócio facilitando o entendimento de onde estamos, para onde vamos e como chegaremos lá. E com nossa rede de stakeholders externos, temos um trabalho constante de fortalecimento de nossas crenças e reputação. A Comunicação é uma ponte fundamental que une a empresa a esses importantes públicos, sobretudo num cenário com excesso de informação, fake news e alta competitividade”.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.