Reputação é tudo

Blog sobre reputação nas empresas, por Tatiana Mais Lins, consultora em Reputação Corporativa, fundadora e diretora da Makemake - A casa da Reputação no Brasil e editora da Revista da Reputação.

O prejuízo de Mariana
01 de junho de 2016
  • English

Lama_do_Rio_Doce_chega_ao_mar_no_Espirito_Santo

Qual foi o prejuízo causado pelo rompimento da barragem em Mariana? Quase seis meses após o que está sendo chamado de “a maior tragédia ambiental do mundo”, a Terra Brasis Resseguros lançou um report que tenta contabilizar o prejuízo financeiro decorrente do acidente. Segundo o documento, a estimativa é que o prejuízo seja de R$ 26,3 bilhões, e somente R$ 2,3 bilhões estariam cobertos por seguros.

Ou seja, menos de 10% do total do prejuízo será ressarcido por seguro. O restante deverá ser bancado pela Samarco e por suas controladoras, a Vale e a BHP. A Vale, após o ocorrido, viu suas ações sofrerem uma forte queda, chegando ao menor patamar em dez anos. Ainda assim, a empresa promete pagar todos os credores e reverter todos os danos causados. É esperar para ver.

De minha parte, torço para que as empresas consigam sair dessa. E torço ainda mais para que todas as empresas que trabalham com atividades diretamente ligadas ao meio ambiente tenham aprendido a dura lição de que os mapeamentos de riscos não contemplam a totalidade das possibilidades. A natureza sabe apresentar a sua conta, quando desrespeitada.

Quem tiver curiosidade em ver o relatório completo, CLIQUE AQUI.

Para ver a primeira edição da Revista da Reputação, cujas matérias de capa falaram sobre Mariana, CLIQUE AQUI.

 
Twitter e-Mail Facebook Whatsapp Linkedin