19 de dezembro de 2023

Natura aposta em estratégia bem-sucedida de marketing de afiliados para ampliar vendas e receitas

Ao optar por ações com micro influenciadores e cashbacks, empresa de perfumaria e cosméticos nacional ampliou vendas em 76,37%
Thaís Barreto

Em um ano desafiador para o e-commerce nacional, em função das oscilações econômicas e políticas, o setor de perfumaria e cosméticos foi um dos que mais se destacaram em 2023. De acordo com dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o setor começou o ano bem com crescimento de 46,6% no primeiro trimestre do ano, em comparação ao mesmo período de 2022. Mas como em todos os anos, a competitividade deste mercado é intensa e a Natura resolveu novamente apostar em uma estratégia de marketing de afiliados para ampliar seus resultados, com o apoio da Awinuma das maiores empresas globais do segmento.

“Nosso desafio era conquistarmos um número significativo de novos consumidores para a marca, resgatarmos compradores que estavam inativos e motivarmos os fidelizados a experimentarem novos produtos – ou seja, incentivar aquelas pessoas que consomem Natura quatro vezes por ano a ampliarem para 6 vezes, por exemplo”, explica Thais Barreto, gerente de Comunicação da Natura, Avon e TBS.

Segundo a executiva, logo no início do ano, o objetivo a ser atingido foi colocado para a equipe de atendimento da Awin, com a qual o Marketing da Natura se reúne quinzenalmente para que se definisse uma estratégia focada nos públicos-alvo, com o melhor custo-benefício e controle de resultados. “Uma das grandes vantagens de uma estratégia de afiliação é a possibilidade de acompanhar toda a jornada de compras, desde o primeiro clique até o último de compra efetiva”, afirma Thais.

“Com isso em mente, nós propusemos para a Natura uma estratégia de divulgação diversificada, desde micros influenciadores focados em review de produto até soluções financeiras, dentre as soluções financeiras o trabalho foi realizado por fintechs e bancos tradicionais, com o modelo de cashback, beneficiando o consumidor final no processo de compra. Com essa estratégia diversificada somos capazes de demonstrar para Natura através de nossa plataforma o valor que cada parceiro gera nos diferentes momentos da jornada e a importância de uma estratégia que possa abranger todas as etapas do funil de conversão do consumidor”, detalha Luiz Mansanaro, Head de Serviços aos Clientes da Awin.

Thais ressalta que foi realmente uma estratégia muito bem-sucedida. “Nós fazemos uma aferição dos resultados e ajustamos as ações a cada quinze dias e sem dúvida podemos dizer que a estratégia de afiliação é muito efetiva. As ações de cashback e de divulgação dos micro influenciadores, que divulgam nossas promoções em suas páginas pessoais do Instagram e do Facebook têm se mostrado muito assertivas e gerado um engajamento maravilhoso”, comemora a executiva da Natura.

As vendas dos produtos da marca foram ampliadas em 76,37% até setembro deste ano, com aumento de 149,27% nas receitas correspondentes, o que significa um ganho relevante de ticket médio. “Em um ano que foi difícil para a maioria dos e-commerces nacionais, os resultados da Natura são realmente surpreendentes e mostram a força dos micro influenciadores afiliados junto aos seus seguidores, bem como a importância que o cashback vem ganhando junto aos consumidores no geral”, conclui Mansanaro.

  • COMPARTILHAR:

COMENTÁRIOS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *